523 cidades mineiras não registram óbitos por Covid há um mês

16/10/2021 | Minas Gerais, Saúde

Foto Reuters

 

Dos 853 municípios mineiros, 523 não registram óbitos por Covid-19 há um mês. A informação foi repassada pelo secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, nesta quinta-feira (14), durante coletiva de imprensa realizada em Belo Horizonte.

 

O dado, de acordo com o titular da pasta, está diretamente ligado ao avanço da vacinação no Estado. “Há uma tendência de aumentar esses municípios com o avanço da vacinação e do reforço. Lembrando que mais de 80% dos óbitos no Estado são de idosos, então a terceira dose é fundamental para que a possamos cair esse dado”, disse.

 

Em Minas, a ocupação de leitos de UTI está abaixo de 25%, o que também seria um indicador de que a vacinação está barrando a disseminação do vírus na visão do secretário. “Há queda na ocupação, ou seja, não há nenhuma pressão sob o sistema de saúde do Estado. O vírus está circulando cada vez menos e a gente quer menos pacientes se internando, porque são menos óbitos”, concluiu.

 

11 municípios não registraram mortes pela doença

 

Além disso, 11 municípios mineiros seguem livres de mortes decorrentes da Covid-19. Segundo o boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), 842 cidades já perderam vidas para a doença, o que corresponde a 98,7% do total.

 

Serranos, no Sul de Minas, que até então seguia sem óbitos, confirmou um. A cidade tem 53 casos registrados de infecções por coronavírus.

 

Veja os municípios sem registro de mortes por Covid-19, segundo a SES-MG:

  • Aricanduva
  • Bonito de Minas
  • Campo Azul
  • Cedro do Abaeté
  • Desterro do Melo
  • Estrela do Indaiá
  • Patis
  • Pedro Teixeira
  • Santana dos Montes
  • Serra Azul de Minas
  • Serra da Saudade

 

Vacinação em Minas

 

Até esta sexta-feira (15), 15.321.814 mineiros receberam a primeira dose de vacina contra a Covid-19, o equivalente a 71,5% da população.

 

Com o esquema vacinal completo, são 9.634.252 pessoas, o que corresponde a 44,9% doa população. Dessas, 285.543 já tomaram também a dose de reforço.

 

 

 

Por G1 e Hoje em Dia

Veja também