NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 25 de junho de 2021

 

Ato em Brasília para lembrar mortes por Covid-19 – 27/4/2021 REUTERS/Ueslei Marcelino

 

 

O Brasil registrou 2.399 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando nesta quarta-feira (26) 454.623 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 1.823 – a menor desde o dia 12 de março (quando estava em 1.761). Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -5% e indica tendência de estabilidade nos óbitos decorrentes do vírus.

 

É o 8º dia seguido de estabilidade nessa comparação. Isso significa que, apesar de termos o menor número na média em 75 dias, o ritmo atual tem se assemelhado mais a um platô do que a uma queda na curva.

 

Os números estão no novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados às 20h desta quarta. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

 

São agora 16 dias com a média de mortes abaixo da marca de 2 mil. De 17 de março até 10 de maio, foram 55 dias seguidos com essa média acima de 2 mil. No pior momento desse período, a média chegou ao recorde de 3.125, no dia 12 de abril.

 

43 milhões tomaram a 1ª dose da vacina até agora

 

O Brasil já aplicou quase 65 milhões de doses de vacinas, somando a primeira e a segunda doses – Foto Tânia Rêgo/ Agência Brasil

 

 

O Brasil já aplicou quase 65 milhões de doses de vacinas contra a Covid, somando a primeira e a segunda doses. São 64.938.707 doses aplicadas no total, de acordo com novo balanço do consórcio de veículos de imprensa, consolidados às 20h desta quarta-feira (26).

 

A primeira dose já foi aplicada em 43.495.437 pessoas em todos os estados e no Distrito Federal, o que corresponde a 20,54% da população.

 

Já a segunda dose foi aplicada em 21.443.270 pessoas, o que equivale a 10,13% da população do país.

 

Somando a primeira e a segunda doses, já são 64.206.324 imunizantes aplicados desde o começo da vacinação, em janeiro.

 

De ontem para hoje, a primeira dose foi aplicada em 503.695 pessoas e a segunda dose em 228.688, com um total de 732.383 doses aplicadas neste intervalo.

 

Rondônia apresenta um número menor de segundas doses do que o registrado ontem. O motivo, segundo a secretaria de saúde, foi uma recontagem, uma vez que na terça-feira (25), algumas cidades enviaram dados duplicados para o registro no vacinômetro do estado.

 

Por G1