NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 14 de junho de 2021

brasileiros viagens nacionais

 

 

Em março deste ano, o número de brasileiros que pretende viajar pelo país nos próximos seis meses já é considerado o maior dos últimos seis anos em referência ao mesmo período. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (20) pelo Ministério do Turismo, que aponta que 70,9{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} das pessoas que pretendem viajar este ano procura por destinos nacionais.

Os motivos para isso, ainda de acordo com o órgão, são a alta do dólar, a visibilidade do país após a Copa do Mundo e o calendário favorável, que conta com seis feriados emendados a fins de semana, além da Semana Santa, Carnaval, Natal e Ano Novo, que por serem fixos, foram excluídos do cálculo.

São eles os feriados de 21 de abril, 1º de maio, 4 de junho, 7 de setembro, 12 de outubro e 2 de novembro que, juntos, devem movimentar R$ 18,66 bilhões em todo o país.

O que impulsiona também o turismo nacional, é o fato de as empresas aéreas, tradicionalmente prejudicadas pela alta do dólar, não terem aumentado os preços, ainda segundo o Ministério do Turismo.

Ranking

Foi observando isso que o site Hotel Urbano, especializado em viagens, criou um ranking dos 10 destinos nacionais que tiveram um aumento superior a 100{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} em sua procura em relação ao ano passado.

Natal, a capital do Rio Grande do Norte, é o destino preferido dos brasileiros no primeiro trimestre de 2015, um aumento de 200{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} na procura pela cidade em relação ao mesmo período do ano passado.

Em segundo lugar na lista, está Gramado, no Rio Grande do Sul, que registrou um aumento de 190{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} na procura, seguido por Porto Seguro, na Bahia (180{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b}), Maceió, no Alagoas (175{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b}), Baleário Camboriú, em Santa Catarina (160{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b}), Campos do Jordão, em São Paulo (150{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b}).

Também estão no ranking as cidades de Foz do Iguaçu, no Paraná (130{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b}), Porto de Galinhas, em Pernambuco (120{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b}), Angra dos Reis, no Rio de Janeiro (105{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b}) e Salvador, na Bahia (100{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b}).