Caça da FAB intercepta aeronave com meia tonelada de cocaína

4/07/2022 | Brasil

 

Aeronave interceptada por caças da FAB pousou no interior de São Paulo – Foto Divulgação/FAB

 

 

Aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) interceptaram, por volta das 12h30 deste domingo (3), no Mato Grosso do Sul, na divisa com a Bolívia, uma aeronave de pequeno porte que entrou no espaço aéreo brasileiro sem autorização. Obrigada a pousar, ela transportava 500 kg de cocaína.

 

A interceptação foi feita por dois Super Tucano, modelos usados na defesa do espaço aéreo.

 

Os pilotos da FAB tentaram contato, via rádio, com o piloto da aeronave desconhecida. Sem resposta, ordenaram a mudança de rota e o pouso obrigatório em aeródromo específico.

 

No entanto, o piloto do avião interceptado não obedeceu.

 

“Foi necessário, então, que a defesa aérea comandasse o tiro de aviso. Ainda sem retorno, a aeronave foi considerada hostil, sendo realizados os procedimentos de tiro de detenção”, relatou a FAB em nota.

 

“Após a execução do tiro de detenção, a aeronave, que não tinha plano de voo e entrou no espaço aéreo do Brasil pela fronteira do Mato Grosso do Sul, fez pouso forçado no Estado de São Paulo, entre as cidades de Jales e Pontalinda”, completou o texto.

 

Acionada pela FAB, a Polícia Federal assumiu a operação em terra. Porém, os dois ocupantes da aeronave fugiram antes da chegada dos policiais, que apreenderam os 500 quilos de pasta base de cocaína.

 

 

Veja também