Casa da Vovó Sant’Ana começa a ser instalada

5/07/2024 | Itaúna

 

Uma das atrações será a casa da Vovó, que começou a ser montada – Foto Cida Martins / Rádio Santana

 

 

Se aproxima a tradicional Festa de Sant’Ana, padroeira de Itaúna. O povo católico dedica a santa, a principal e mais bela igreja do município: a Matriz, localizada na Praça Doutor Augusto Gonçalves, no Centro.

 

A devoção à Santa Mãe de Maria é tão forte que o primeiro nome de Itaúna foi Sant’Ana do São João Acima.

 

As comemorações 2024 começa dia 17 de julho, com celebrações, barraquinhas e shows todos os dias, encerrando sexta-feira dia 26 de julho, (Dia da Padroeira Sant’Ana) feriado em Itaúna.

 

Uma das atrações neste ano, será a casa da Vovó de Jesus que começou a ser montada na praça.

 

 

A devoção a Sant’Ana

 

Itaúna tem Sant’Ana como sua padroeira desde seu povoamento – Foto Arquivo Pessoal / Luiz Mascarenhas

 

 

Itaúna tem Sant’Ana, Mestra e Mãe de Maria, como sua padroeira desde os tempos remotos de seu povoamento (aproximadamente 1710), quando aqui chegaram nossos três fundadores trazendo consigo a imagem da Senhora Sant’Ana e edificaram no alto do morro uma grande cruz de madeira.

 

Um dos três, o sargento-mor Gabriel da Silva Pereira casou-se e fixou-se na região; desse modo, mandou construir um oratório junto ao cruzeiro para que sua esposa pudesse realizar seus deveres religiosos.

 

Por volta de 1750 o primeiro bispo de Mariana, D. Frei Manoel da Cruz autoriza a construção de uma capela, mas esta deveria ser construída no lugar do oratório e dedicada à Sant’Ana, já tida então como patrona das terras do que seria, no futuro, a cidade de Itaúna. Atualmente a capela é a Igreja Nossa Senhora do Rosário.

 

A devoção é tão forte que o primeiro nome de Itaúna foi Sant’Ana do São João Acima – Foto Adilson Nogueira

 

 

Matriz de Sant’Ana atual – Foto Adilson Nogueira

 

 

 

 

Veja também