Campanha orienta motoristas sobre obrigatoriedade do exame toxicológico

20/12/2021 | Centro-Oeste

Campanha orienta  motoristas nas rodovias do Centro-Oeste – Foto Nascentes das Gerais/Divulgação

 

 

Uma campanha sobre a obrigatoriedade da realização de exame toxicológico para motoristas profissionais com Carteira Nacional de Habilitação (CNH) das categorias C, D e E, é realizado no Sistema MG-050/BR-265/BR-491, que corta as cidades do Centro-Oeste de Minas.

 

De acordo com a AB Nascentes das Gerais, concessionária que administra o sistema, a campanha segue até 31 de dezembro e é realizada pela Confederação Nacional de Transportadores Autônomos (CNTA) e a Associação Brasileira de Toxicologia (ABTox).

 

Os materiais de divulgação são distribuídos nas bases operacionais, praças de pedágio e no Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU).

 

O objetivo é alertar os motoristas sobre a definição estabelecida pelo artigo 165-B do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que determina aplicação de multa automática no valor de R$ 1.467,35 aos condutores que não estiverem com o exame atualizado, além de sete pontos na carteira e suspensão da CNH por três meses.

 

A campanha é realizada nos seguintes pontos:

 

  • Itaúna (km 81);
  • Divinópolis (km 140,5);
  • Formiga (km 219,9);
  • Capitólio (km 270,7);
  • Rio Conquista (km 333);
  • São Sebastião do Paraíso (km 389,2).

 

“O exame toxicológico pode ajudar a reduzir o número de acidentes em estradas e vias urbanas, assegurando a segurança de todo o trajeto, inclusive para terceiros. Quanto maior esse controle, maiores as chances de preservarmos a saúde dos condutores, sem colocar suas vidas em risco”, disse o responsável pelo tráfego da MG-050, Marcelo Aguiar.


Mais detalhes sobre o assunto e onde realizar o exame estão disponíveis on-line.

 

 

 

 

 

 

 

Veja também