NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 19 de maio de 2021

Em Itaúna, foram registrados 2 casos neste ano – Foto reprodução

 

 

Em uma semana, o número de casos prováveis de dengue nas cidades do Centro-Oeste de Minas passou de sete para 182, segundo o Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), divulgado nesta quarta-feira (20). O informe da SES, considerou dados registrados até terça (19).

Em Itaúna, foram registrados 2 casos neste ano.

Ainda de acordo com o boletim, Divinópolis e Formiga registraram o maior número de casos prováveis de dengue na região: respectivamente 42 e 34 casos.

Em relação à chikungunya, Lagoa da Prata aparece com um caso provável da doença. O município é o primeiro da região a registrar caso provável em 2021.

 

Nenhum município da região registrou casos de zika e mortes por dengue até o momento. De acordo com o informe desta quarta, os casos foram registrados em 24 cidades.

 

Mortes suspeitas na região

O informe divulgado no dia 11 de novembro apontou que estavam sendo investigados 14 mortes suspeitas na região: duas em Bom Despacho, quatro em Divinópolis, quatro em Carmópolis de Minas, três em Pará de Minas e uma em Pompéu. A respeito destes casos, o Estado não informou se foram descartados.

Até terça-feira (19), em Minas Gerais, foram registrados 3.004 casos prováveis (notificados e com exceção dos descartados) de dengue. Desse total, 534 casos foram confirmados para a doença. Foi confirmado um óbito por dengue no Estado, até o momento. O registro foi na cidade de Paracatu

 

 Número de casos

Abaeté 3
Araújos 1
Arcos 1
Bom Despacho 4
Candeias 1
Capitólio 7
Carmo do Cajuru 4
Cláudio 6
Divinópolis 42
Dores do Indaiá 1
Estrela do Indaiá 2
Formiga 34
Itaúna 2
Lagoa da Prata 8
Luz 3
Martinho Campos 2
Nova Serrana 7
Onça de Pitangui 1
Pains 2
Papagaios 14
Pará de Minas 22
Perdigão 6
Pitangui 4
Pompéu 2
São Gonçalo do Pará 3
Fonte: SES-MG

 

Chikungunya

De acordo com o boletim, Lagoa da Prata aparece com um caso provável chikungunya. Também segundo o boletim, Minas Gerais registrou neste mês 823 casos prováveis da doença. Desse total, 54 casos foram confirmados.

Não há óbito pela doença em investigação em nenhuma cidade do Estado, conforme o boletim.

 

Zika

Em relação aos casos prováveis de zika, o boletim do Estado apontou que nenhuma cidade do Centro-Oeste de Minas registrou até o momento casos prováveis ou confirmados da doença.

Apesar disso, em Minas já foram confirmados 43 casos e 2 óbitos pela doença até esta terça (19).