Cervejaria investirá R$ 13 milhões em fábrica e espera gerar 300 empregos

18/12/2023 | Centro-Oeste

A escritura do terreno já foi repassado pelo prefeito de Bom Despacho à Läut – Foto Divulgação/Prefeitura de Bom Despacho

 

 

 

A cervejaria Läut deu os primeiros passos para instalar uma fábrica em uma área de 15 hectares no Centro-Oeste de Minas Gerais. Bom Despacho foi o município selecionado após negociações e doação do terreno pelo município. O investimento chega a R$ 13 milhões, com previsão de geração de 300 empregos diretos.

 

Todos os trâmites para a formalização do terreno localizado na “Fazenda Cuba Libre” foram concluídos. O projeto prevê a instalação de galpão, quadras poliesportivas, Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), áreas de manobra de caminhões e pátio de estacionamento para veículos.

 

Além disso, conta com plantação de lúpulo em uma área de cerca de 80 mil metros quadrados, com trilhas para visitas guiadas e voltadas ao turismo.

 

“Estamos na expectativa para que iniciem logo os trabalhos. Claro que tem os licenciamentos e tudo mais, mas é importante que o processo se inicie. Certamente será um divisor de águas na história do desenvolvimento de Bom Despacho”, afirma o prefeito Doutor Bertolino. A implantação ocorrerá em 10 etapas, com previsão de conclusão em até 24 meses.

 

A localização estratégica favorecendo a produção e logística foi um dos itens observados pela empresa para seleção do município.

 

“O terreno onde será implementada a nova fábrica conta com uma topografia e localização privilegiadas, além de uma água de extrema qualidade”, destaca o CEO da Läut, Henrique Miranda. Para início da instalação são necessários os trâmites para emissão dos licenciamentos. “O grupo reforça que todos os processos da sua nova unidade fabril seguiu e seguirá com total lisura, respeitando prazos, requisitos legais e técnicos dos órgãos competentes”, enfatiza o CEO.

 

Planta moderna e sustentável

 

Com uma planta moderna e sustentável, a fábrica não atenderá somente a atual produção de cerveja e Gin. “Mas também de outros produtos alcoólicos e não alcoólicos que farão parte do portfólio da companhia, assim como a nossa previsão de plantação própria de lúpulo”, explica Miranda. Ela terá capacidade estimada em 50 mil hectolitros.

 

A fábrica abastecerá quatro estados: Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo. São estados onde a Läut já se faz presente através de representantes exclusivos “Läut Express”, redes supermercadistas, distribuidores, além de bares e restaurantes.

 

Investimentos

 

Dos R$ 13 milhões previstos em investimento pela cervejaria, 40% são de recursos próprios e 60% de financiamento. A previsão de faturamento já em 2024 é de R$ 60 milhões e de R$ 80 milhões em 2025.

 

A Laut tem sete anos e a projeção é de chegar a todos os estados brasileiros nos próximos dois anos. A fábrica de Nova Lima será mantida.

 

*Com informações do Estado de Minas 

 

 

 

Veja também