Conta de luz sofre aumento de 28,8{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} em Minas

2/03/2015 | Minas Gerais

aumento conta luz

 

 

 

 

 

A partir desta segunda-feira (2), a energia elétrica fica em média 28,8{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} mais cara em Minas. O aumento foi confirmado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), após definir na última sexta-feira (27) tarifa extra para 58 distribuidoras de energia do país, entre elas, a Cemig.

O aumento médio no país é de 23,4{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b}. O menor percentual é da Celpe, de Pernambuco (2,2{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b}) e o maior, da AES Sul, do Rio Grande do Sul. A Aneel ainda não informou se os 28,8{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} serão aplicados igualmente para todas as classes de consumidores (residenciais, industriais e comerciais).

Segundo a Agência, também foi aprovado a alta nas bandeiras tarifárias, aplicadas conforme o custo de geração de energia. Com isso, a cada 100 kwh passa de R$ 3 para 5,50, aumento de 83{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b}. Além desses reajustes, os clientes da Cemig ainda terão um outro, em 8 de abril, que é o reajuste regular anual. Especialistas calculam que todos os reajustes do ano, somados, passem de 40{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b}.

 

Veja também