Despedida e Homenagem póstuma a Helênio e Samuel Lara

5/05/2016 | Itaúna

Homenagem camara helenio 4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A manhã desse domingo 1 de maio ficou marcada pela tristeza e comoção de uma família, uma equipe de trabalho e centenas e admiradores e amigos de Helênio Antônio Lara e de seu Filho Samuel Henrique campos Lara.

 

 

 Um fatídico desastre aeronáutico tirou na tarde de sábado dia 30 a vida de pai e filho. Em mais um voo a passeio entre os dois, um grave e inesperado acidente ceifou toda a esperança de vida de um jovem garoto e os muitos sonhos de empreendedor que planejava ainda muitas realizações em sua caminhada.

 

 

Apaixonado pela comunicação e aviação Helênio Lara, pessoa de conversa curta e grossa e que não gostava de rodeios indo direto ao assunto as vezes com pouca paciência era no fundo e no íntimo um homem de grande coração.

 

 

Engenheiro por formação, era detalhista, meticuloso, gostava de tudo organizado e planejado e foi assim que começou a desenvolver o projeto de construção de sua própria aeronave a PU HLA, monomotor para dois tripulantes.

 

 

Foram muitos anos montando desmontando, fazendo, refazendo até conseguir a aprovação oficial da ANAC para realizar voos. Ao mesmo tempo que construía o que chamávamos de seu brinquedinho de voar, se dedicava ao comando da Radio Santana FM, sempre ambicioso em ter uma emissora de rádio que tivesse força jornalística na cidade na região, Helênio não abria mão de sempre que possível investir em equipamentos de ponta dentro da capacidade de recursos da emissora, para sempre oferecer qualidade de áudio e programação aos ouvintes. Queria sempre que pequenos fatos que fossem alvo de denúncias fossem apurados e divulgados, a radio tinha que ser a primeira. Ouvir a sirene de uma viatura então, nem se fala, era correr para a janela da emissora identificar o veículo e imediatamente ligar para polícia ou bombeiros para saber o que estava acontecendo.

 

 

Assim construiu-se ao longo de 14 anos de trabalho sob seu comando uma emissora que ficou conhecida por sempre informar primeiro, ter a notícias sempre como prioridade, transformando-se desta forma na mais ouvida pelos itaunenses e uma das mais respeitadas do centro oeste mineiro. Amante da política Helênio Lara sempre sentiu uma atração pelo debate político, discutir os pros e contras em benefício da cidade, criticar ações políticas e suas coisas afins.

 

Nos últimos meses focou sua atenção para a política municipal, em especial para o próximo pleito, desejo de se tornar um político?, acreditamos que nem tanto, a não ser que seu nome fosse o desejado, ele queria mais é participar da resenha, do disse me disse, de estar no meio e com isso ter uma rádio que transitava por todos os setores da vida itaunense.

 

 

Mas seu percurso chegou ao fim. Prova de que apesar de ser uma pessoa curta e grossa, era uma pessoa admirada por muitos , em sua despedida observamos pessoas das mais simples regiões da cidade, zona rural, trabalhadores braçais, garis , passando pelos empresários, políticos, presidentes de associações,  como o presidente da AMIRT Associação de Emissoras de Rádio e TV, Marynck Pinto, representantes do Ministério das Comunicações , médicos, colegas da imprensa local como a Tv cidade e inclusive regional e estadual destacando Integração e Alterosa.

 

 

Seu filho Samuel recebeu a despedida e as homenagens de um grande grupo de jovens adolescentes do colégio Anglo e de outras escolas que consternados abraçavam-se e choravam não conseguindo acreditar que um “cara da turma” estava indo embora tão cedo, diretores, coordenadores também estavam lá para a despedida.

 

 

Uma homenagem especial foi oferecida ao colega aeronauta Helênio Lara, o clube de aviação de Pará de Minas, realizou uma homenagem acrobática com uma serie de aeronaves que sobrevoaram cronologicamente o funeral do colega piloto fazendo um verdadeiro show acrobático, como a desejar àquele que partia, um voo maior, agora direto aos céus.

 

 

A imprensa itaunense, também se manifestou de forma oficial na última terça (3), a convite da jornalista Bea Chaves, os colegas de profissão, atuais e de longa data, realizaram uma singela homenagem a Helênio Lara e seu filho Samuel no espaço destinado a imprensa na Câmara Municipal de Itaúna com faixa alusiva ao sentimento de dor e perda do colega de imprensa. Sophia Campos Lara esteve presente acompanhada do primo e fiel companheiro neste momento difícil da família Alexandre Campos que ao lado de alguns outros jornalistas receberam palavras e manifestações de pesar.

 

 

A família e a equipe da radio Santana FM agradecem a todos que de alguma forma manifestaram seu sentimento de dor , tristeza e pesar, acreditamos podermos continuar o trabalho e o
sonho de Helênio Lara e de sua esposa Jane Mirian que também tão prematuramente deixou sua família vítima de enfermidade e que agora recebe e acolhe seu companheiro e seu filho caçula, rumo a uma nova jornada. 

Veja também