Diversão em Cena terá horário e atividades diferentes neste domingo

25/07/2023 | Itaúna

Toda a programação é gratuita e será realizada na área externa do Espaço Cultural – Foto Divulgação

 

 

O Diversão em Cena deste domingo 30/7, esta cheio de novidades, seja em atividades, horário e local de realização.

 

Das 10h às 11h, a criançada terá acesso à duas oficinas, de Bolhoterapia e Formas Animadas, e também às apresentações de minipeças do Festival de Teatro Lambe Lambe.

 

A partir das 11h terá início o espetáculo “Aplausos e Vaias”, com o Palhaço Mendonça, de São Paulo.

 

Toda a programação é gratuita e será realizada na área externa do Espaço Cultural, sem necessidade de inscrição prévia dos participantes. É só chegar e participar!

 

Oficinas

 

A  Bolhoterapia propõe às crianças a construção de brinquedos com cordões e hastes que se transformam em fazedores de bolhas de sabão.

 

“A Bolhaterapia é um movimento pelo livre brincar e autonomia dos pequenos. Ocupa hoje as praças e parques de cinco regiões brasileiras e países da América do Sul, com as brincadeiras das bolhas de sabão gigantes”, conta.

 

A oficina de Formas Animadas, proposta pelo Grupo Girino, ensina a construir bonecos de papel ou material reciclado e experimentar sua manipulação e encenação em pequenos cenários, o que estimula, nos aprendizes, a composição estética e habilidades plásticas.

 

Os artistas da companhia belo-horizontina apresentam ainda ao público de Itaúna seu Mini Festival de Teatro Lambe Lambe: uma “viagem encantadora” e única, feita para um espectador por vez.

 

O Teatro de Bonecos e Animação, trazem narrativas curtas (de até 2 minutos) – Foto Divulgação

 

 

Os espetáculos, que possuem técnicas tradicionais e contemporâneas do Teatro de Bonecos e Animação, trazem narrativas curtas (de até 2 minutos) e são apresentados dentro de caixas em que o espectador observa através de um visor.

 

“Você é convidado a entrar em um mundo dentro de uma caixa e viajar com a história que será contada. Simplesmente lindo!”, descreve.

 

No espetáculo “Aplausos e Vaias”, um típico show de rua, os ritos clássicos são respeitados: o chamamento, a roda, números de virtuose e uma grande promessa. O palhaço Mendonça – interpretado por Filipe Bregantim, apresenta seus números de caçapa, manipulação de chapéus e magia cômica sem efeitos especiais.

 

O palhaço Mendonça é interpretado por Filipe Bregantim – Foto Divulgação

 

 

“Um palhaço “clássico”, atrapalhado e sempre tentando “se dar bem” com o público, e que, ao final, consegue mostrar as habilidades como malabarista, músico e acróbata. Nem precisaria de mais artistas em cena, pois Felipe Bregantim domina por completo. Um dos melhores palhaços da atualidade no Brasil. Você sai do espetáculo do Felipe querendo ser amiga dele”, destaca.

 

Iniciativas culturais

 

“Ainda temos poucas iniciativas culturais de qualidade direcionadas à infância, no Brasil. Optamos, então, por oferecer dentro do programa Diversão em Cena uma ‘experiência lúdica’ para o espaço público, porque acreditamos que praças e parques são democráticos e estimulam o encontro e a convivência entre as pessoas”, afirma a produtora e curadora Fernanda Vidigal, que destaca ainda: “a programação não é somente para crianças, mas para toda a família. As oficinas, vivências e espetáculos foram selecionadas para proporcionar o encontro e a experiência de ‘brincar’ junto”, completa.

 

Há 25 anos realizando projetos no interior do Brasil pela Agentz Produções Culturais, Fernanda conta que a chegada de iniciativas como essa modificam a dinâmica da cidade.

 

“É justamente nestas localidades que percebemos o poder transformador da cultura. A participação do público é intensa, a mudança no cotidiano é nítida, a experiência das pessoas, após um espetáculo ou uma oficina, é lembrada no decorrer da vida”, comenta.

 

Promovido pela Fundação Arcelor Mittal e com apoio da Prefeitura de Itaúna (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo), o programa tem o compromisso de democratizar o acesso à cultura, levando apresentações teatrais gratuitas ou a preços populares a teatros, escolas e praças públicas, em mais de 60 municípios. A iniciativa é viabilizada com o patrocínio da ArcelorMittal e Belgo Mineira Bekaert, por meio da Lei Estadual de Incentivo a Cultura de Minas Gerais.

 

 

 

 

 

 

 

Veja também