Divinópolis tem dois casos confirmados de febre maculosa

2/08/2023 | Minas Gerais

Carrapato estrela é o vetor da bactéria que transmite a febre maculosa – Foto: Arquivo/Marketing Unoeste

 

 

O município de Divinópolis tem dois casos confirmados de febre maculosa. A informação foi confirmada pela Prefeitura de Divinópolis e Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), nesta quarta-feira 02/8.

 

Um dos casos é de uma adolescente de 15 anos e o outro de uma jovem de 19 anos. A cidade não registrou mortes pela doença.

 

Ainda conforme a Prefeitura, o município tem 7 casos em análise e 16 já foram descartados.

 

O que é a febre maculosa?

 

Segundo a SES-MG, a febre maculosa é uma doença febril aguda, de gravidade variável, que pode cursar com formas leves e atípicas, até formas graves, com elevada taxa de letalidade.

 

É transmitida por um carrapato infectado, principalmente a espécie carrapato-estrela, que pode se hospedar em capivaras.

 

Sintomas

 

A doença pode demorar até duas semanas para se manifestar após o contato inicial. Conforme o Ministério da Saúde, os principais sintomas da doença são:

 

  • Febre;

 

  • Dor de cabeça intensa;

 

  • Náuseas e vômitos;

 

  • Diarreia e dor abdominal;

 

  • Dor muscular constante;

 

  • Inchaço e vermelhidão nas palmas das mãos e sola dos pés;

 

  • Gangrena nos dedos e orelhas;

 

Paralisia dos membros que inicia nas pernas e vai subindo até os pulmões, causando paragem respiratória.

 

Como é feito o tratamento?

 

O tratamento é realizado com antibiótico específico, segundo o Ministério da Saúde. Para isso, é necessário que se busque atendimento médico assim que surgirem os primeiros sintomas. Em alguns casos pode ser necessário internação.

 

Com o G1 

 

 

Veja também