Duplicação da MG 050 ameaça empresas em Mateus Leme

22/03/2015 | Itaúna

formiga-doceira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nem sempre o desenvolvimento beneficia a todas as pessoas. Grandes projetos de mobilidade, visam oferecer conforto, acessibilidade, agilidade no trânsito e sobretudo desenvolvimento para uma região através dos investimentos públicos e no caso em questão também privado. A PPP realizada entre o Governo de Minas e a concessionária Nascentes das Gerais, vem gradativamente realizando benfeitorias ao longo da MG 050, financiada em boa parte pela cobrança de um dos mais caros pedágios do País. Trincheiras, acessos, passarelas, viadutos, duplicação enfim intervenções a muito reivindicadas pela população da região. Na cidade de Mateus Leme, o projeto de duplicação do trecho da MG050 que corta a cidade vem trazendo descontentamentos para uma parcela de moradores da cidade e em especial empresários.  É o caso da empresa FORMIGA DOCEIRA empresa que a mais de 21 anos está instalada as margens da rodovia. Referencia na região Centro Oeste pela qualidade de seus produtos e atendimento, a Formiga Doceira corre o risco de ter suas portas fechadas se forem calculados os prejuízos financeiros que serão causados caso uma mudança no projeto original das Nascentes das Gerais não seja realizado. Segundo o empresário Sebastião Pereira Leite, proprietário do estabelecimento as intervenções programadas para serem realizadas no trecho da MG 050 que corta Mateus Leme, afetará em muito o acesso não só à Formiga Doceira mas também a empresas como  o Grupo TOCAI, SUMIDENÇO DO BRASIL , a NOGUEIRA ANDRADE E COMERCIO, que é uma fabrica especializada na produção de Colchões  e que está localizada no bairro Estância Champagnat, a Mineração Pedra Azul e aos povoados de Varginha, Alto da Boa Vista e Serra Azul que tem como fonte de produção agrícola o setor hortifrutigranjeiro.

                Em especial a empresa FORMIGA DOCEIRA, que tem como fonte de renda e manutenção o trânsito de viajantes que passam constantemente pelo local para paradas de descanso e alimentação, seja por veículos particulares ou por ônibus fretados de várias regiões do Estado e do País, a exemplo de empresas de turismo que atendem ao trajeto para São Paulo e até mesmo do Paraná, que tem como parada certa o estabelecimento.

                Segundo relatou à Radio e Portal Santana FM o empresário Sebastião Pereira, o projeto técnico que contempla o trecho da MG050 onde se localiza a Formiga Doceira, impossibilitará aos usuários da rodovia, principalmente aqueles que seguem sentido BH/ Centro Oeste um acesso rápido e econômico ao seu estabelecimento e as demais empresas, da região, dificultando inclusive o escoamento da produção do setor hortifrúti,já que de acordo com o projeto original da concessionária , os usuários da rodovia e clientes da empresa terão que andar cerca de 1,4KM , sentido Divinópolis,  fazerem um retorno e voltarem mais 1 KM, para aí sim, acessar o estabelecimento e a entrada para os demais bairros já citados. E para retomarem a viagem, estes mesmos motoristas terão que realizar, mais uma vez um retorno, mas antes de alcança-lo deverão seguir por mais uns 800 metros.

                 Sebastião Pereira Leite teme que com estas intervenções no local, seu comercio sofra uma queda expressiva de faturamento comprometendo com isto a estabilidade da empresa e da manutenção dos empregos que são gerados. 

                Sebastião nos apresentou um projeto de viabilidade técnica encomendado por ele na ordem de R$18.000,00 que mostra e projeta a construção  de uma trincheira no local onde a mais de 50 anos existe uma travessia sobre a rodovia e que serve de acesso ao seu estabelecimento e as demais empresas  ligando a Rua José Lino  que dá acesso ao centro comercial de Mateus Leme a Avenida Getúlio Vargas que margeia a empresa Formiga Doceira e que dá acesso as demais empresas e área rurais, segundo ele é um projeto viável, bastando apenas vontade técnica e politica, neste ultimo caso o empresário espera o apoio e atenção do prefeito de Mateus Leme Marlon Aurélio Guimarães para que empenhe esforços no campo político para demover a empresa a reavaliar o projeto e promover as mudanças esperadas não só pelo proprietário da Formiga Doceira, bem como dos demais empresários daquela região.

Um abaixo assinado já foi assinado por mais de 50 mil usuários da MG050 e frequentadores , em apoio as interferências no local que inclusive já foram apresentadas juntamente com o projeto de viabilidade encomendados pelo empresário à Nascentes da Gerais, que até o momento não se manifestou sobre a intenção de realizar alterações no projeto original das intervenções na MG050 em Mateus Leme.

 

Alguns comentários sobre a importância e a qualidade da Formiga Doceira  foram postados no site Tripadvisor do Brasil  ( o nome dos que postaram as mensagem foram aqui suprimidos, preservando suas identidades).

 

 

“Ótimo lanche”

Avaliou em 10 de Dezembro de 2014

Os lanches são ótimos e para quem gosta de doce e produtos da roça, prepare para gastar um pouco mais

“Tudo muito bem feito”

Avaliou em 22 de Fevereiro de 2015

É um lugar onde temos que passar rapidamente senão dá vontade de comer de tudo e levar tudo para casa. Sempre que passo por lá levo um suco de milho e mingau de milho pra familia. Faz o maior sucesso. Recomendo.

“Doce tarde em Matheus Leme”

Avaliou em 13 de Janeiro de 2015

Uma parada no final de tarde para tomar aquele cafezinho acompanhado de um bolo caseiro e uma geleia real… hum… tudo de bom ! Os sucos também são deliciosos… abacaxi, manga e uva.
Assim é Formiga doceira. Tudo preparado com ingredientes da roça, atendimento de 1ª e a qualidade dos doces, quitandas e quitutes é sem igual. Destaque para a geleia de ameixa e o mingau de milho verde… tem pra levar pra casa e o preço também é mineirinho. Bão D+ Sô..

“Delícias Mineiras”

Avaliou em 7 de Janeiro de 2015

Dá vontade de comer um pouco de tudo que se encontra por lá! Deliciosos lanches e doces caseiros. O pão de queijo recheado com lombo e linguiça é uma delicía! O mingau de milho verde também, nem se fala!!! Excelente atendimento e o local é lindo! Impossível passar por ali e não parar! Super recomendo!!!

“Delícia”

Avaliou em 30 de Outubro de 2014

Doces caseiros mineiros mesmo e maravilhosos. Localização de muito fácil acesso. Lugar bonito e atendimento ótimo.

 

Abaixo os projetos da concessionaria e os encomendados pelo empresário, que contemplam uma trincheira no local.

 

Formiga doceira projeto 1

Formiga doceira projeto 2

Formiga doceira projeto 3Formiga doceira projeto 4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Abaixo assinado, as assinaturas são coletadas diariamente entre os frequentadores do FORMIGA DOCEIRA, que apoiam o empresário em sua solicitação, e já são mais de 50.000 .

 

 

 

 

Formiga doceira projeto 6

 

 

 

Veja também