NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 25 de junho de 2021

comunicado saae agua

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais de 130 cidades de Minas Gerais estão passando pela limitação do consumo de água por causa do período de estiagem que está mais severo neste verão. As prefeituras de Itaguara, Itapecerica, Oliveira e Formiga, entre outras, cancelaram as comemorações do Carnaval para evitar o desperdício e o aumento do consumo do recurso hídrico por causa da chegada dos foliões.

O reservatório Serra Azul, localizado em Juatuba, que abastece a região metropolitana do estado está operando com uma vazão 70{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} menor do que o normal, conforme divulgado pela Copasa.

Em janeiro, o consumo de água aumenta em torno de 10{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} em relação à outros períodos. Por causa do calor, o número de banhos aumenta, na tentativa de amenizar as altas temperaturas enchem suas piscinas ou usam duchas por longos períodos. A falta de chuva contribui para o baixo nível dos reservatórios. É válido lembrar que em 2014 as chuvas ficaram abaixo do esperado  e, segundo o Climatempo, esses primeiros meses serão os mais secos dos últimos anos, agravando a situação.

Confira parte do comunicado enviado à imprensa:

 “Ano passado a estiagem na cidade foi muito severa. O Saae reconhece e também agradece aos itaunenses, uma vez que a maioria da população tem se mostrado mais consciente em relação ao uso racional da água, sempre atendendo nossos pedidos e participando das campanhas de conscientização. Apesar de afirmar que não existe, por enquanto, risco de racionamento, alguns bairros têm sofrido com a falta de água. E novamente precisamos contar com a seriedade e apoio de todos, evitando assim problemas no abastecimento, como os já registrados em cidades da região”, explica o Diretor Geral da autarquia, Marcos Vinício Ferreira.

É importante evitar banhos demorados (manter a torneira fechada enquanto se ensaboa), reaproveitar a água da máquina de lavar roupa para a limpeza do chão de casa ou da calçada, não deixar a água escorrer quando for escovar os dentes, ficar alerta à vazamentos ou torneiras mal fechadas (uma torneira pingando por 24 horas desperdiça 45 litros de água), dentre outras.

A falta de chuva na cidade e região neste longo período está provocando a diminuição das águas nas nascentes. Em muitos pontos de Itaúna e até mesmo na zona rural, algumas minas d´água reduziram consideravelmente de volume.

Os reservatórios de água dos poços artesianos estão bem vazios, mas a água ainda é suficiente para atender todas as comunidades. “Os reservatórios estão abaixo do normal, não precisamos ficar preocupados, apenas conscientes que temos que usar a água com racionalidade, com cautela e fazer bom uso dela. Se não chover neste mês, aí sim podemos nos preocupar”, alerta Marcos Vinício.

Alguns ouvintes vem nos encaminhando fotos de pessoas desperdiçando água para o nosso whatsapp (37) 8828-8001. Na segunda imagem, segundo a ouvinte que denúnciou, a moradora da Avenida Dona Cota lava o passeio quase todos os dias.Confira :

flagrantes desperdicio agua