NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 25 de junho de 2021

romeu julieta teatro

 

 

 

 

 

O governo de Minas e a Associação Cultural  Projeto Usina de Sonhos apresentam a peça “Romeu e Julieta”  uma das tragédias mais encenadas no mundo  que  sela o encontro de Shakespeare com a arte e a cultura de Itaúna.

Há 450 anos, no dia 23 de abril de 1564, nascia em Stratford, na Inglaterra, William Shakespeare, escritor, poeta e dramaturgo que moldou o homem moderno. O crítico literário Harold Bloom diz que “somos o que somos hoje graças a obras como Hamlet, Romeu e Julieta, Ricardo 3º, Sonhos de Uma Noite de Verão, A Tempestade, Rei Lear, Macbeth e a outras 31 peças e 154 sonetos do bardo inglês”. Já para João Cezar de Castro Rocha, professor de literatura da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, “Shakespeare transformou-se numa espécie de linguagem universal, a qual todos recorremos, embora muitas vezes não saibamos identificar a origem das expressões que empregamos. A linguagem shakespeariana ajudou a formar a visão do mundo e a expressar sentimentos em diversos idiomas. Nesse sentido, a obra shakespeariana é uma espécie de laboratório da condição humana”.

 É nesse contexto festivo de 450 anos de nascimento de Shakespeare, comemorado em vários ambientes culturais no mundo, que a Associação  Cultural  Projeto Usina dos Sonhos uniu artistas e técnicos de três cidades(Itaúna, Pará de Minas e Itatiaiuçu) para celebrar a arte de um dos maiores dramaturgos da história do teatro.  

O projeto idealizado por Bel de Abreu , responsável pelo bem-sucedido espaço de fomento à arte e à cultura de Itaúna Usina dos Sonhos, se destaca pela diversidade de profissionais envolvidos e pelo desafio de encenar uma das mais belas histórias de amor da literatura mundial. A montagem será encenada nos dias 06 de novembro e 06 de dezembro, às 20 horas, no Espaço Cultural Sílvio de Mattos, em Itaúna, ao preço de R$10,00 o ingresso. 

Romeu e Julieta foi escrita entre 1591 e 1595. A história de dois jovens, de famílias rivais, que se apaixonam – Julieta Capuleto e Romeu Montecchio – e que se entregam de corpo e alma a esse amor, há centenas de anos comove plateias do mundo inteiro. Na versão do diretor José Roberto Pereira, que também assina a adaptação, ela se passa em uma Verona ajustada com algumas tradições e costumes de Itaúna, como: o trem que corta a cidade, expressões regionais, citações a Nossa Senhora de Itaúna, uma referência à memória da ilustre itaunense Margarida e algumas referências do congado. 

           O elenco conta com atores de Itaúna, como: Bruna Falcão, Filipe Corrêa, Geraldo Fonte Boa, Hudson Catavent e Marco Túlio Parreiras. Na iluminação, Ari Lima e, na preparação corporal, Ricardo Macedo, além de Bel de Abreu, responsável por unir toda a trupe e também produtora do espetáculo. Já de Pará de Minas, além da direção, a peça conta com as atrizes veteranas: Carmélia Cândida, Isabel Prates e Romana Campos e figurinos assinados pelo ateliê de customização DAAS. A trilha sonora original foi composta e será executada ao vivo pelo músico de Itatiaiuçu Lúcio Guimarães.

 O projeto Usina dos Sonhos há 16 anos ininterruptamente contribui para o fortalecimento das raízes da arte e da Cultura de Itaúna, sua memória histórica, regatando seus valares e crenças a fim de manter acesa a chama das artes, visando defender e preservar o desenvolvimento cultural e humano; e nada mais pertinente que William Shakespeare para celebrar novas conquistas e oportunizar novas formas de acesso ao conhecimento. A entidade conta com os parceiros culturais: Tecidos Santanense (Grupo Coteminas) e SSB – Energia Renovável (Grupo Bignotto).