NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 25 de fevereiro de 2021

 

Estratégia muito utilizada para pessoas que desejam emagrecer, melhorar o ganho de massa muscular, melhora o metabolismo, redução de doenças inflamatórias e cardiovasculares, regula o vício em comer e vários outros objetivos.

Há várias formas em se fazer o jejum intermitente, podemos realizar o jejum de 14, 16 ou 18 horas, uma ou mais vezes semana, dependendo do tipo de protocolo que for escolhido.

Muitas pessoas possuem duvidas sobre quem pode ou não realizar o jejum. No caso de gestantes e lactantes, principalmente no inicio, o jejum deve ser evitado. Já para pessoas com diabetes e hipoglicemia é interessante um acompanhamento com nutricionista para adequação do jejum na rotina alimentar.

Praticantes de atividade física também podem fazer o jejum intermitente, mas para aqueles que exercitam atividades com alta intensidade, é necessário também o acompanhamento de um nutricionista.

Apenas lembrando que o jejum deve evoluir! É importante mudar o tempo, dia e horário do jejum. Um exemplo, se começo fazendo um jejum de 8 horas, depois de um certo tempo posso evoluir para 12, depois para 14, 16 horas, ou posso mudar a quantidade de dias na semana também. O importante é evoluir!

 

Vanessa Ferreira B. Oliveira
Pós graduada em Nutrição Clinica Funcional e Fitoterapia Funcional
Nutricionista do Núcleo de Endoscopia Dr. Rodrigo Guimarães