NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 14 de junho de 2021

burkina faso presidente

 

 

 

 

 

 

Exército de Burkina Faso anunciou nesta sexta-feira (31) que o presidente Blaise Compaoré “não está mais no poder”, provocando gritos de alegria entre os manifestantes no centro de Ouagadougou.

“A partir deste dia, Blaise Compaoré não está mais no poder”, lançou pouco antes das 12h30 locais (10h30 de Brasílias) o coronel Boureima Farta, que foi erguido nos ombros pelos militares.

O oficial chegou a pé e escoltado da sede do Estado-Maior das Forças Armadas, próxima da praça da Nação, onde os manifestantes se reuniram nas primeiras horas do dia para exigir a saída do presidente.

Pouco depois, o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas de Burkina Faso, o general Honoré Traoré, anunciou em um comunicado que assumirá a partir desta sexta as “responsabilidades de chefe de Estado”.

“Conforme as disposições constitucionais, comprovando o vazio de poder, considerando a urgência de preservar a vida da nação (…), assumirei a partir de hoje minhas responsabilidades de chefe de Estado”, declarou o general de divisão Traoré.

O militar também disse “tomar nota da demissão do presidente Compaoré”.

Compaoré anunciou que deixava o poder em um comunicado lido numa televisão local. “Com o objetivo de preservar as vitórias democráticas, bem como a paz social (…), eu declaro o vácuo de poder para permitir a realização de eleições livres e transparentes em um período máximo de 90 dias”, segundo o texto do comunicado, lido por uma jornalista no canal BF1.