Fifa proíbe seleções e times da Rússia em todas as competições

28/02/2022 | Brasil, Esportes, Mundo

A Rússia disputaria uma partida pela repescagem das Eliminatórias no dia 24 de março – Foto Sergei Karpuklin/ Reuters

 

 

A Fifa anunciou nesta segunda-feira (28) que, em conjunto com a Uefa, suspendeu as seleções e os times da Rússia de suas competições oficiais. A decisão inclui todas as seleções de base e principais, dos dois naipes, além de clubes do país. Com isso, a Rússia não irá participar da rodada de repescagem das Eliminatórias da Copa do Mundo e, consequentemente, da Copa do Mundo de 2022.

 

A Rússia iria receber a Polônia pela semifinal da repescagem em 24 de março e, se avançasse, também jogaria em casa contra Suécia ou República Tcheca, em 29 do mesmo mês, na final da chave B.

 

Em seu site oficial, a entidade soltou um comunicado no qual garante que “Fifa e Uefa decidiram hoje, em conjunto, que todas as equipes russas, quer sejam seleções ou clubes, serão suspensas da participação em competições da Fifa e da Uefa até segunda ordem”.

 

Ainda segundo anúncio, a decisão foi tomada pelo Conselho da Fifa e o Comitê Executivo da Uefa, entidade gestora do futebol na Europa. As instituições também declararam solidariedade a todos os afetados pela guerra na Ucrânia e manifestaram o desejo de que a situação melhore em breve.

 

“O futebol está totalmente unido aqui e em total solidariedade com todas as pessoas afetadas na Ucrânia. Ambos os presidentes esperam que a situação na Ucrânia melhore significativa e rapidamente, para que o futebol possa voltar a ser um vetor de unidade e paz entre os povos”, declarou Fifa em anúncio oficial.

 

A medida veio um dia depois da entidade anunciar algumas sanções ao país europeu envolvido na guerra contra a Ucrânia. Entre elas, estavam a proibição da exibição de bandeiras e do hino nacional russo, além do uso do nome “Rússia” nos torneios, com as seleções adotando o nome “União de Futebol da Rússia (RFU)”.

 

Algumas federações internacionais, não satisfeitas com as medidas, criticaram a decisão da Fifa. O presidente da Federação de Futebol da Polônia, Cezary Kulesza, postou em suas redes sociais que esse posicionamento é inaceitável, acusando ser um ‘jogo de aparências’.

 

“A decisão da FIFA de hoje é totalmente inaceitável. Não estamos interessados em participar deste jogo de aparências. Nossa postura permanece intacta: a Seleção Polonesa NÃO JOGARÁ com a Rússia, não importa qual seja o nome da equipe”, disparou Kulesza.

 

Polônia e Suécia também já haviam afirmado que não disputariam seus jogos pelas Eliminatórias da Copa contra a Rússia em março, e vários jogadores da Polônia, incluindo o capitão Robert Lewandowski, apoiaram a decisão com comunicados nas redes sociais.

 

Eurocopa feminina

 

Com a punição, a seleção feminina da Rússia não poderá participar da Eurocopa da categoria, que está agendada para começar em julho, na Inglaterra. Ainda não há confirmação sobre a seleção que herdará a vaga, mas há possibilidade de ser Portugal, equipe eliminada pela seleção russa nos play-offs das Eliminatórias.

 

 

 

 

 

 

 

Veja também