Funcionários de terceirizada são detidos após venderem fios

19/12/2023 | Polícia

 

Fios de cobre furtados da Cemig foram vendidos a comerciante em Pimenta – Foto PM/Divulgação

 

 

Três funcionários de uma empresa terceirizada da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) foram detidos após venderem 120 kg de fio de cobre furtados para um comerciante em Pimenta.

 

Em contato com a Cemig, a empresa informou via nota, que está colaborando com as autoridades na apuração da ocorrência.

 

O caso foi descoberto após a Polícia Militar receber uma denúncia, envolvendo um comerciante de sucata, que possivelmente estaria comprando cabos e fios de origem criminosa.

 

Os militares abordaram o suspeito de 69 anos, responsável pela compra e venda de sucata no município, e no carro dele foi localizado os 120 kg de fios de cobre que pertencem à Cemig.

 

Após levantamentos, os policiais chegaram aos funcionários da empresa terceirizada da Cemig. Eles confessaram que negociaram e entregaram os cabos furtados ao comerciante, o qual também foi preso por receptação.

 

Os três homens e o comerciante foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil, juntamente com o material apreendido.

 

O que diz a Cemig

 

“A Cemig informa que está colaborando com as autoridades na apuração da ocorrência de furto de cabos em uma subestação em Pimenta, que irá ampliar a oferta de energia na região. A estrutura está sendo construída e a Vision é uma das empreiteiras que está atuando nas obras da subestação.

 

Pela apuração preliminar da companhia, os cabos furtados foram retirados de canaletas e não prejudicaram o andamento das obras da subestação.”

 

*Com informações do G1 

 

 

Veja também