NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 19 de maio de 2021

Vacinas vindas da Índia são desenvolvidas pela farmacêutica britânica AstraZeneca e pela Universidade de Oxford – Foto: AFP

 

Depois de uma negativa inicial, o governo da Índia decidiu exportar vacinas contra a COVID-19 para o Brasil. Segundo o declarou o secretário de Relações Exteriores indiano à agência de notícias Reuters, as vendas devem começar nesta sexta-feira (21/01).

O primeiro carregamento vindo da Índia deve desembarcar no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, neste sábado.

As vacinas vindas da Índia são desenvolvidas pela farmacêutica britânica AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. Os imunizantes estão sendo fabricadas no Serum Institute of India, o maior produtor mundial de vacinas, que recebeu pedidos de países de todo o mundo.

Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que um avião partiria de Recife para importar as vacinas indianas. Contudo, a Índia suspendeu a exportação de doses até começar a vacinar sua própria população.

Depois disso, o governo indiano divulgou uma lista de seis países para os quais venderia os imunizantes, excluindo o Brasil.

 

Por Estado de Minas

Incêndio atinge sede da maior fabricante de vacinas do mundo