Itaúna confirma morte de mais um paciente por Covid

6/12/2021 | Itaúna, Saúde

A vítima estava internada no Hospital Manoel Gonçalves – Foto Reprodução

 

 

A Secretaria Municipal de Saúde, junto ao Hospital Manoel Gonçalves, confirmou nesta segunda-feira 06/12, um novo óbito causado pela Covid-19.

 

A vítima é um homem de 55 anos, que morreu no sábado, 04/12, e havia testado positivo para o novo Coronavírus.

 

Essa é a morte de número 285 na cidade. A última vítima foi uma mulher de 71 anos, que faleceu no domingo, 28/11. 

 

 

Saúde aplicará vacinas durante semana inteira

 

Itaúna realizará imunização contra a Covid durante essa semana toda. Serão aplicadas 1ª, 2ª e dose de reforço para os interessados. Não será necessário cadastramento prévio, apenas o comparecimento e estar munido com a documentação necessária.

 

Confira os detalhes:

 

  • POSTO CENTRAL

 

Conforme já anunciado anteriormente, do dia 6 a 9/12 (segunda a quinta-feira), das 8h às 14h, aplicação da vacina PFIZER para quem ainda não tomou a 1a dose; 2a dose (intervalo de 21 dias entre a D1 e a D2) e dose de reforço para maiores de 18 anos (intervalo de 5 meses entre a D2 e a de reforço, independente da vacina que tomou na D1 e D2). Apresentação obrigatória de documento oficial com foto e do cartão de vacinas para 2a dose e de reforço.

 

  • UNIDADES DE SAÚDE

 

Dias 7, 8 e 10/12 (terça, quarta e sexta-feira), das 9h às 11h, aplicação da vacina PFIZER para quem ainda não tomou a 1a dose; 2a dose (intervalo de 21 dias entre a D1 e a D2) e dose de reforço para maiores de 18 anos (intervalo de 5 meses entre a D2 e a de reforço, independente da vacina que tomou na D1 e D2). Apresentação obrigatória de documento oficial com foto e do cartão de vacinas para 2a dose e de reforço.

 

  • AVACCI

 

Dia 8/12 (quarta-feira), das 8h às 11h, aplicação das vacinas PFIZER, CORONAVAC E ASTRAZENECA para quem ainda não tomou a 1a dose, 2a dose (intervalo de 21 dias entre D1 e D2 para Pfizer; intervalo de 28 dias entre D1 e D2 para Coronavac e intervalo de 3 meses entre D1 e D2 para AstraZeneca) e dose de reforço para maiores de 18 anos (intervalo de 5 meses entre a D2 e a de reforço, independente da vacina que tomou na D1 e D2). Apresentação obrigatória de documento oficial com foto e do cartão de vacinas para 2a dose e de reforço.

 

Importância da vacina

 

Nenhuma vacina oferece proteção de 100% contra doenças, mas todas reduzem o risco de infecção, hospitalização e morte, principalmente depois da segunda dose.

 

É importante lembrar que vacinas funcionam, mas não são infalíveis. Ainda assim, apesar de a probabilidade de infecção após a vacina ser pequena, quanto mais a doença estiver circulando, maior é o risco de o imunizante falhar. Por isso a necessidade de vacinar o maior número de pessoas.

 

 

 

Veja também