Itaúna e cidades da região confirmam programação do Carnaval 2022

11/10/2021 | Centro-Oeste, Itaúna

Carnaval de rua em Itaúna foi confirmado pela Prefeitura — Foto Divulgação/ Prefeitura de Itaúna

 

Ainda faltam quatro meses para o carnaval 2022, mas diante do avanço na imunização contra a Covid-19 e consequentemente redução dos casos da doença, muitas cidades da região começaram a se programar para realizar a festa após um ano sem o evento.

 

Itaúna confirmou a realização da festa. O município vinha se destacando nos últimos anos, antes da pandemia, com a realização do carnaval que conta a participação de importantes blocos como o “Pau de Gaiola”, que reúne tradicionalmente centenas de pessoa na Praça da Lagoinha e no Circuito Oficial, na Avenida Jove Soares “Prainha”.

 

Também saem às ruas os blocos “Melhor Idade”, Bloco “Chega Mais” e Bloco “Galo Doido”. Conforme a Prefeitura, a proposta será proporcionar uma temporada com muita mais diversão para as famílias da cidade e região, que há tanto tempo não prestigiam eventos públicos.

“A vacinação já tem mostrado seus resultados. Seguimos num bom ritmo e a população não tem descuidado. São fatores que fazem com que o Carnaval 2022 faça parte do planejamento. No que depender da Prefeitura, faremos uma festa incrível”, disse o prefeito, Neider Moreira.

Outras cidades

 

  • Carmo do Cajuru

 

Em Carmo do Cajuru, o carnaval também é tradicional e atrai foliões de todo o entorno, como os moradores de Divinópolis, cidade vizinha que não realiza a festa. Além dos shows, há desfiles de escolas de samba e desfiles de blocos.

 

Em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura, foi informado que o assunto ainda não foi debatido e, que, tão logo seja definido algo a respeito, fará a devida divulgação.

  • Pitangui

 

Em Pitangui, a tradicional festa atrai milhares de pessoas da região e do estado. Além disso, há, ainda, um diferencial que é a Lavagem do Bandeirante: uma iniciativa popular que surgiu em 2010, quando o morador Vandeir Santos se propôs a lavar, literalmente, a estátua do bandeirante paulista, um dos representantes da povoação do então arraial do Pitanguy no início do século XVIII.

 

Com a participação e o engajamento de pessoas, a iniciativa já virou tradição e vai ocorrer também em 2022, após um ano sem o evento, segundo o secretário de Cultura Rodrigo Paiva.

“A tradicional Lavagem do Bandeirante é um evento comemorativo que ocorre todo domingo de carnaval. É um evento familiar que reúne milhares de pessoas ao som de marchinhas carnavalescas e samba de raiz. Vamos preparar com qualidade a gastronomia, música, cultura e muita diversão na acolhedora Pitangui”, enfatizou.

 

No município, os preparativos seguem com a elaboração de protocolos de segurança para que turistas e moradores possam aproveitar o evento. A Prefeitura informou que a programação será divulgada em momento oportuno.

 

  • Itapecerica

 

Em Itapecerica, a festa ainda não foi confirmada. A assessoria de comunicação do município disse que ainda não ocorreu um diálogo sobre o assunto justamente por conta dos casos da Covid-19 que ainda são registrados, mesmo que em ritmo de queda.

 

No município, o carnaval é famoso por conta dos blocos que saem pelas ruas arrastando multidões. Por lá são tradicionais os blocos Só a Nata, Mal Dormidos e Suvaco de Cobra. A Matinê também é uma tradição e reúne pessoas de todas as idades, inclusive crianças, que aproveitam o dia para brincar vestidas com fantasias.

 

  • Oliveira

 

Em Oliveira, após discussões, foi decidido que a festa vai ocorrer como de costume, ao som de marchinhas, desfiles de fantasias e blocos carnavalescos como o “Loucos Varridos” e “Cai N’Água”.

 

A festa é realizada na região central e, geralmente, conta com um desfile da Escola de Samba Unidos do Morro.

 

Além disso, ocorrem shows, mas a programação ainda não está fechada. Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura, o evento é elaborado criteriosamente e com muitas restrições que ainda são estudadas para promover uma festa segura aos moradores.

 

  • Capitólio

 

Em contato com a assessoria de comunicação de Capitólio, foi informado que o chefe da divisão do departamento de cultura, Tiago Goulart, vai realizar algumas reuniões para definição do calendário de eventos do fim do ano e do início do ano que vem, incluindo o carnaval. Ou seja, a situação ainda não foi definida.

 

A cidade, que é banhada pelo Lago de Furnas, é o destino ideal para quem quer estar em contato direto com a natureza e desfrutar das belezas do Mar de Minas, como é conhecido o lago. Além dos aluguéis de casas de temporada, resorts, hotéis e pousadas que são um atrativo para descanso, a cidade oferece programação diversa durante os dias de festa.

 

 

 

Com G1

Veja também