Itaúna já registrou mais de 280 denúncias de violência doméstica

30/08/2021 | Itaúna, Polícia

O ano em que mais foram registradas denúncias na Polícia Civil foi 2019 –  Foto Reprodução Internet

 

 

As denúncias de violência doméstica em Itaúna neste ano diminuíram em relação a 2020, segundo dados da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG). Segundo o informativo, em relação ao primeiro semestre do ano passado, houve uma diminuição de cerca de 11% nas denúncias. Até junho de 2020, 318 mulheres denunciaram para a PCMG casos de violência doméstica, enquanto em 2021, há 285 denúncias durante o mesmo período (de janeiro a junho).

 

Em relação aos casos durante todo o ano, até então, o ano em que mais foram registradas denúncias na Polícia Civil foi 2019, com 718 denúncias. Em seguida, tem 2018, com 645 casos e 2020 com 642. Até julho de 2021, 328 mulheres sofreram violência doméstica em Itaúna.

 

Feminicídios

 

Já em relação a casos de feminicídio, que é matar uma mulher somente por ela ser mulher, em 2021 houve um aumento em relação a 2020. No ano passado foi registrado apenas 1 caso desse crime, já em 2021 foram 3 casos de feminicídio em Itaúna.

 

O ano de 2019 aparece novamente como líder em casos de feminicídio, juntamente com o ano de 2021, cada um com 3 casos registrados pela PCMG. Os anos de 2018 e 2020 também empatam no número, com apenas 1 caso cada.

 

Como Denunciar

 

A Lei Maria da Penha é responsável por proteger as mulheres que sofrem violência em casa, sendo as violências física, sexual, moral, psicológica e patrimonial enquadradas nessa Lei. Se você estiver passando por situações como essa em casa ou conhece alguém que está passando por isso, denuncie, ligue no 180.

 

Programa voltado para mulheres é lançado em Itaúna

 

Em homenagem ao mês que se comemora 15 anos da Lei Maria da Penha, sancionada em 7 de agosto de 2006, foi lançado na última sexta-feira (27) o “Programa Valores”. Um programa que visa direitos e perspectivas iguais para as mulheres.

 

Como ações do projeto, todo mês Itaúna realizará uma reunião com um grupo de 30 mulheres, a cada mês um novo grupo de mulheres será convidado a participar.

 

Para se inscrever basta acessar o site oficial da prefeitura e preencher os dados necessários, e depois basta aguardar a ligação para participar. A primeira reunião será realizada no auditório localizado no 1º andar da Prefeitura de Itaúna, no dia 27 de setembro, às 18 horas com duração de 1 hora.

 

As reuniões terão como objetivo discutir a realidade em que essas mulheres estão inseridas, conhecer outras mulheres que precisem de ajuda, que servem de exemplo, motivação e empoderamento. Na oportunidade, serão apresentados todos os serviços que são ofertados

Veja também