Itaúna tem aumento acelerado de Covid com quase 200 casos em 24h

18/01/2022 | Itaúna

Em número de casos, Itaúna vive o pior momento da pandemia  – Foto PMI

 

 

A população de Itaúna tem de ficar alerta, as contaminações de Covid-19 explodiram na cidade. Só nas ultimas 24 horas, o município registrou um aumento acelerado, com 185 contaminados, que levou a média para 109 casos por dia, de acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde divulgado nesta terça-feira 18/1.

 

O aumento acontece após a chegada da nova variante ômicron. Apesar do crescimento acelerado do número de casos, o boletim mostra que a diminuição das mortes por Covid-19 tem sido mais consistente e potencializada pela vacinação de um grande contingente populacional.

 

Quase 1.100 casos em janeiro e o mês nem acabou 

 

Nos 18 primeiros dias de 2022 ocorreram 2 óbitos. Desde o começo da pandemia 287 itaunenses perderam a vida após complicações com a infecção. A mais recente vítima, um homem, de 59 anos, que tinha comorbidades, morreu no dia 13/01, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde.

 

Em número de casos, Itaúna vive o pior momento da pandemia com 1.082 itaunenses contaminados. O mês de janeiro de 2022 já é o campeão em contaminações. De março de 2020 ate aqui, 13.148 pessoas contraíram a infeção.

 

Hospital Manoel Gonçalves 

 

Embora pareça ser menos agressiva, do ponto de vista do curso clínico, o cenário pode ser alterado pela dominância da nova variante ômicron que tem relevante escape vacinal.

 

De acordo com o boletim do Manoel Gonçalves, um total de 11 pacientes estão internados nesta terça-feira, 2 a menos que o dia anterior. São 4 itaunenses no CTI Covid e 5 na ala de enfermaria. Os outros hospitalizados são dos municípios da microrregião.

 

Os moradores de Itatiaiuçu, Itaguara e Piracema também tratam a infeção no hospital de Itaúna.

 

Vacina Sim 

 

É preciso lembrar que a vacina não impede as pessoas de contraírem a infecção mais de uma vez, mas impede as pessoas de desenvolverem a gravidade da doença, a ponto de precisarem de hospitalização.

 

É necessário que a população evite aglomeração, continue usando máscara corretamente, tapando a boca e o nariz, higienizando as mãos com água e sabão ou álcool gel, mesmo após receber as duas doses da vacina contra a Covid-19.

 

 

 

 

 

 

 

Mais de 100 casos de Covid são detectados em Itaúna no fim de semana

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Veja também