Lei Seca aplicou 8 infrações por hora, desde a sua criação

26/09/2023 | Brasil, Itaúna

Entre os estados, Minas Gerais aparece em primeiro lugar com maior número de infrações – Foto Divulgação Polícia Militar

 

 

Nos 15 anos de aplicação da Lei Seca, o Brasil teve em média oito infrações por hora registradas no sistema nacional de infrações de trânsito.

 

Foram mais de um milhão de multas aplicadas pela mistura de álcool e direção, no período. Mais da metade ocorreram aos sábados e domingos, com pico entre 23h e 0h00.

 

O balanço faz parte de relatório elaborado pela Secretaria Nacional de Trânsito do Ministério dos Transportes, divulgado nesta segunda-feira 25/9.

 

O perfil predominante dos proprietários de veículos autuados são condutores do sexo masculino, com mais de 30 anos e residentes das capitais dos estados brasileiros.

 

O estudo mostra que 97% dos veículos contaram com o registro de apenas uma infração. Cerca de 32 mil veículos tiveram dois ou três registros.

 

Entre os estados, Minas Gerais aparece em primeiro lugar com maior número de infrações; seguida por São Paulo e Paraná.

 

Um quarto das infrações à lei Seca foram registradas em capitais, com Belo Horizonte liderando o ranking, seguida de Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Velho.

 

Somados, os Detrans foram responsáveis por 44% das multas; já a Polícia Rodoviária Federal, isoladamente, é o órgão com maior quantidade de autuações.

 

 

Veja também