Programa Bolsa Família completa 20 anos

21/10/2023 | Brasil

 

Lula destaca importância do Bolsa Família no combate à desigualdade – Foto Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

 

Com fortes críticas aos conflitos no Oriente Médio, o presidente Lula lembrou das crianças palestinas, que morreram na Faixa de Gaza, nos últimos dias, durante a cerimônia de 20 anos do programa Bolsa Família, nesta sexta-feira 20/10.

 

Em repouso no Palácio da Alvorada, o presidente participou do evento por videoconferência e deu a primeira declaração pública após a cirurgia no quadril. Ele destacou a importância do programa de transferência de renda para a redução das desigualdades do país, sobretudo no combate à fome. Lula declarou que quer tirar, novamente, o Brasil do mapa da fome da ONU, até o fim do mandato.

 

O Bolsa Família foi uma ponte para a autonomia da família de Francismeire Melo, em Caruaru, Pernambuco. Hoje, dona do próprio negócio, ela conta que foi beneficiária por quase dez anos, com três filhos e, às vezes, sem terem o que comer. Agora, com a estabilidade, destaca a importância da iniciativa, para a sobrevivência familiar.

 

O Bolsa Família é o principal programa do governo federal, que presta assistência a mais de 20 milhões de famílias, com repasses que passam de R$ 14 bilhões. Quando criado, tirou o Brasil do mapa mundial da fome, de acordo com a Organização das Nações Unidas. No ano passado, o país voltou a compor a lista da fome.

 

Além do valor mínimo de R$ 600, a nova versão do programa repassa R$ 150 para cada criança de até sete anos incompletos. Além disso, cada jovem entre sete e 18 anos, e as gestantes, têm o acréscimo de R$ 50. O programa é destinado a famílias que possuem renda, por pessoa, de até R$ 218, por mês. Para receber, é preciso estar inscrito no Cadastro Único do governo federal.

 

 

Veja também