MG: Venda e consumo de bebidas serão liberados nas eleições

27/09/2022 | Minas Gerais

 

Bebidas devem ser liberadas no dia das eleições – Foto Arquivo Reprodução

 

 

Uma fonte do governo do Estado informou que Minas Gerais não terá proibição de venda e consumo de bebidas alcoólicas em razão das eleições no próximo domingo, 2 de outubro. A informação deve ser oficializada nesta quarta-feira (28) por meio de nota emitida pela Secretaria de Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública. A decisão do governo mineiro segue exemplo de outros estados.

 

A solicitação junto ao governo de Minas para que não haja ‘Lei Seca’ eleitoral no Estado partiu da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Minas Gerais (Abrasel-MG). A justificativa do pedido seriam os eventuais prejuízos dos estabelecimentos comerciais, como bares e restaurantes, nos domingos destinados as eleições de primeiro e segundo turnos. A entidade informou que segue aguardando posicionamento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e do governo.

 

Procurada pela reportagem, a assessoria do TRE respondeu por meio de nota que a venda de bebidas alcóolicas no dia da eleição não compete à Justiça Eleitoral. “A chamada “lei seca” foi objeto de deliberação pelo Gabinete Institucional de Segurança, ocasião em que concluíram que a definição sobre sua edição ou não compete exclusivamente à Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública”, informa a nota do TRE.

 

Com o aumento de casos de violência política e a crescente polarização nas campanhas políticas, a liberação da venda e do consumo de bebidas alcoólicas no próximo dia 2 de outubro passa a ser mais um fator de preocupação nestas eleições. A assessoria da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) informou que só vai se manifestar sobre a necessidade ou não de policiamento extra no dia das eleições após o comunicado oficial do governo do Estado.

 

Por O Tempo 

 

 

Veja também