Minas recebe 78,7 mil doses da vacina contra dengue

22/02/2024 | Minas Gerais

Serão contemplados com a primeira remessa da vacina 22 municípios – Foto Getty Images

 

 

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) recebeu, na manhã desta quinta-feira 22/2, 78.790 doses de vacinas contra a dengue, Qdenga, para a imunização de crianças de 10 e 11 anos.

 

De acordo com a pasta, serão contemplados com a primeira remessa da vacina em Minas Gerais, 22 municípios, sendo nove da região de Saúde de Coronel Fabriciano/Timóteo e 13 da região de Saúde de Belo Horizonte/Nova Lima.

 

Confira lista:

 

Antônio Dias
Belo Horizonte
Belo Vale
Caeté
Coronel Fabriciano
Córrego Novo
Dionísio
Jaboticatubas
Jaguaraçu
Marliéria
Moeda
Nova Lima
Nova União
Pingo-D’Água
Raposos
Ribeirão das Neves
Rio Acima
Sabará
Santa Luzia
Santa Maria de Itabira
Taquaraçu de Minas
Timóteo

 

“Tão logo sejam recebidas as doses na Central Estadual da Rede de Frio, a SES-MG fará a distribuição e logística da vacina às Unidades Regionais de Saúde de Belo Horizonte e Coronel Fabriciano/Timóteo”, informou a SES.

 

Os critérios para definição dos municípios que receberão as doses seguiram as recomendações da Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização e da Organização Mundial de Saúde.

 

“As regiões de saúde selecionadas atendem a três critérios: são formadas por municípios de grande porte, ou seja, mais de 100 mil habitantes, com alta transmissão de dengue registrada em 2023 e 2024, e com maior predominância do sorotipo DENV-2”, detalhou o executivo estadual.

 

Em razão da capacidade limitada de fornecimento de doses pelo laboratório fabricante da Qdenga, foram definidas regiões prioritárias e público-alvo de 10 a 14 anos. A SES informou que aguarda informações do Ministério da Saúde sobre o envio de novas remessas.

 

Dengue em Minas

 

A dengue já matou 26 pessoas em Minas. Outros 147 óbitos seguem em investigação, de acordo com o painel de acompanhamento da Secretaria de Estado de Saúde (SES).

 

O número de casos da enfermidade transmitida pelo mosquito Aedes aegypti segue em disparada. Foram mais 5.589 registros em apenas 24 horas. São 86.184 diagnósticos positivos desde janeiro, mas 250 mil notificações suspeitas aguardam o resultado de exames.

 

A capital mineira é a cidade com mais casos prováveis notificados da doença, com 26.189 registros. Em seguida, Itabira (9.366), Contagem (8.098), Ribeirão das Neves (7.973) e Betim (7.757).

 

*Com informações Hoje em dia 

 

 

Veja também