Morre no Rio a atriz Aracy Balabanian, aos 83 anos

7/08/2023 | Brasil

Uma das mais icônicas figuras da TV e do teatro, comediante de mão cheia – Foto Acervo TV Globo

 

 

A atriz Aracy Balabanian morreu na manhã desta segunda-feira 07/8, aos 83 anos. A artista estava internada na Clínica São Vicente e desde o ano passado lutava contra um câncer de pulmão. O hospital informou em nota que não tem autorização da família para divulgar a causa da morte.

 

Entre seus papéis mais conhecidos em mais de 60 anos de carreira, estão a Dona Armênia da novela Rainha da Sucata, de 1990, e a Cassandra, de Sai de Baixo, humorístico exibido entre 1996 e 2002. Outra personagem marcante foi a Filomena de A Próxima Vítima, de 1995, que lhe rendeu o prêmio de Melhor Atriz pelo Troféu Imprensa.

 

Aracy participou dos filmes A Primeira Viagem, Caramujo-Flor e Sai de Baixo.

 

Sul-matogrossense de ascendência armênia

 

Nascida em 22 de fevereiro de 1940, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, Aracy Balabanian era filha de imigrantes armênios. Seu amor pelo ofício começou na infância, quando já vivia em São Paulo.

 

Sua estreia no teatro aconteceu no final dos anos 1950..A vinda para a TV foi em 1964, na novela Marcados Pelo Amor, de Walther Negrão, pela TV Record.

 

Uma das mais icônicas figuras da TV e do teatro, comediante de mão cheia e atriz de primeira grandeza, Aracy deixou sua marca em grandes personagens, como a quatrocentona falida Cassandra do seriado “Sai de Baixo”, e a Dona Armênia em duas novelas, “Rainha da Sucata” e “Deus Nos Acuda”.

 

Ao todo, foram cerca de 50 trabalhos na teledramaturgia. No teatro, ela atuou em mais de 25 peças, incluindo a histórica montagem de “Hair”, em 1969. Dentro e fora da ficção, sem dúvida, deixará muitas saudades e será lembrada como uma grande profissional das artes dramáticas e uma amiga amorosa e brincalhona.

 

 

 

 

Veja também