Morre o ex-deputado federal pará-minense Eduardo Barbosa

23/08/2023 | Brasil, Centro-Oeste, Política

Eduardo Barbosa tinha 64 anos e faria aniversário nesta semana – Foto Luis Macedo/Câmara dos Deputados

 

 

O ex-deputado pará-minense Eduardo Barbosa faleceu na madrugada desta quarta-feira 23/8, aos 64 anos, em Brasília. Ele exerceu sete mandatos na Câmara dos Deputados (de 1995 a 2023), também foi ouvidor-geral da Casa e vice-líder do PSDB por vários anos.

 

O corpo de Eduardo será levado para Pará de Minas, cidade natal do ex-parlamentar. Eduardo Barbosa faria aniversário nesta semana, em 25 de agosto.

 

O ex-parlamentar era médico; foi deputado federal por sete mandatos consecutivos, e teve sua trajetória política vinculada às Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes). A Federação que representa estas instituições em Minas foi uma das primeiras a divulgar uma nota lamentando o falecimento do ex-deputado.

 

“Doutor Eduardo foi e é nosso líder maior, pessoa que dedicou a vida ao movimento Apaeano. Sua partida precoce nos deixa desolados”, afirmou a federação.

 

O ex-governador mineiro e ex-deputado federal, Eduardo Azeredo (PSDB), também foi às redes sociais demonstrar solidariedade aos familiares.

 

“Com muita tristeza recebi a notícia do falecimento do deputado federal Eduardo Barbosa, grande defensor das Apae; ótimo secretário de Estado, um grande amigo que se vai”, escreveu.

 

O corpo de Eduardo será levado para Pará de Minas, cidade natal do ex-parlamentar – Foto Reprodução JC

 

 

O PSDB, seu partido, também manifestou pesar. “O PSDB de Minas Gerais lamenta profundamente a morte do ex-deputado federal Eduardo Barbosa, uma das maiores lideranças do partido. O PSDB se solidariza com familiares, amigos e tucanos, que também perdem, neste momento difícil, uma referência da boa política”, afirmaram em nota.

 

Parlamentares de outros Estados também manifestaram pesar. “Foi nossa referência na defesa dos mais vulneráveis e em todas as políticas sociais produzidas nas últimas décadas. Vai fazer muita falta na luta por justiça social e por um Brasil mais humano e melhor para todos”, tuitou o deputado Osmar Terra (MDB-RS).

 

Eduardo Barbosa foi autor do projeto que deu origem à lei que criou uma renda básica emergencial de R$ 600 aos trabalhadores informais, autônomos e sem renda fixa, durante a crise provocada pela pandemia da Covid-19 (PL 9236/17); e do projeto que originou a lei que obriga o País a garantir educação e aprendizagem ao longo da vida a jovens e adultos que estão fora da idade escolar e às pessoas que têm necessidades especiais (PL 5374/16).

 

 

 

 

Veja também