NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 21 de fevereiro de 2019

Várias cidades mineiras têm sido prejudicadas pela falta de repasse de recursos pelo Governo Estadual, que vêm atrasando seus pagamentos. Itaúna também tem sido prejudicada, desde meados de 2017, pelo descumprimento dos compromissos constitucionais. De acordo com o levantamento apresentado pelo Prefeito Neider Moreira durante reunião com o deputado estadual Gustavo Mitre, o montante devido pelo governo de Minas Gerais à cidade já alcançou  30 milhões de reais.

Existe uma negociação em andamento junto ao tribunal de justiça, um acordo extrajudicial que está sendo conduzido pelo tribunal de justiça e pelo Ministério Público. Uma negociação da Associação Mineira dos Municípios (AMM) com o Governo do Estado. O Compromisso que o governo fez é daqui para frente manter os pagamentos em dia, mas nessa primeira semana após a primeira audiência ele ainda não cumpriu com valor total que deveria ser pago. Quando o governo deixa de fazer os repasses, em primeiro lugar ele está cometendo um ato de improbidade administrativa, porque não está cumprindo a constituição. Segundo, prejudicando o desenvolvimento econômico da cidade, a mola que faz girar a economia é a prefeitura, se os recursos não caem para que isso aconteça a prefeitura perde a capacidade de investimento caindo assim o giro econômico”, afirma o prefeito Neider Moreira. Mitre afirmou ainda não ter tido a oportunidade de conversar diretamente com o governador Zema a respeito do assunto.

Foi falado inclusive sobre a nova sede da Prefeitura de Itaúna.  As obras do edifício – que já esta com sua estrutura inicial concluída – estão paradas há cerca de dois anos e têm sido alvo de pichações. A nova sede será otimizada para abrigar todos os setores lotados hoje no prédio da Praça Doutor Augusto Gonçalves, além de contemplar a instalação da Assistência Social e Regulação Urbana, que têm atividades ligadas diretamente aos atendimentos feitos na atual sede do Município.

Ao ser perguntado sobre o motivo da obra estar paralisada e sobre a previsão de retomada da mesma, o prefeito  salientou que não tinha os outros projetos. Segundo Neider necessário a contratação de projetos elétricos, hidráulicos, entre outros e que isso demora a ser realizado e disse ainda que na sexta-feira (8), foi realizada a entrega das certidões da terceira licitação onde duas empresas estão habilitadas.  Se estiver tudo adequado, será realizada a abertura do valor financeiro. A expectativa é que seja uma obra rápida de acabamento, que duraria no máximo 10 meses para ser realizada. A Prefeitura de Itaúna economizaria cerca de R$ 11 milhões com a construção do Centro Administrativo.

O Centro de Oncologia, construído nas dependências do Hospital Manoel Gonçalves, numa parceria entre a Prefeitura, a Associação de Voluntários no Apoio ao Combate ao Câncer em Itaúna – Avacci, a Casa de Caridade e o Governo do Estado, é um serviço muito aguardado.  O deputado afirmou ter conversado  com alguns deputados e senadores e explicou a atual situação, visto que não faz sentido ter um prédio edificado, pronto e equipado sem poder trabalhar. O Centro  facilitará a rotina de um grande número de pessoas, garantindo mais comodidade para o tratamento na própria cidade, sem necessidade dos deslocamentos que, hoje, tornam ainda mais desgastante o enfrentamento à doença.

 Atualmente a primeira intervenção necessária é a do centro oncológico da cidade, o prefeito trabalhou junto com Deputado Jaime Martins e a provedoria do hospital e está bem encaminhada. O que eu puder fazer com forças unidas em prol disso, eu farei. Posteriormente minha conversa junto ao prefeito para analisar as necessidades da cidade, o trevo, iluminação, novos recursos para hospital, recurso para Apac juvenil, Delegacia Regional em Itaúna entre outras necessidades que ainda estão por vir ”, afirmou o deputado estadual Gustavo Mitre.

As portarias de credenciamento que teriam um impacto financeiro se inciam na segunda quinzena de fevereiro. Neider esteve com Presidente da associação médica brasileira, Lincoln Ferreira. Nos primeiros 30 dias o ministério estava fazendo uma avaliação geral dos programas e necessidades das demandas. Há a expectativa que seja publicada efetivamente a portaria de credenciamento do Centro Oncológico nos próximos dias.

Houve também o anúncio de uma empresa que segundo os políticos, vai gerar inicialmente duzentos e trinta empregos na cidade e no primeiro ano de funcionamento um faturamento de cem milhões de reais.

 A curto prazo o centro oncológico, e nós temos uma prioridade a curtíssimo prazo, que é a duplicação da ponte da fazendinha porque é um compromisso que eu assumi com a nova empresa que vai se instalar no distrito que começam as obras agora em março, que é a IHM Engenharia de Automação.As carretas que carregam os painéis elétricos para eles, não passam la e eu assumi  esse compromisso. Então eu preciso dessa definição do governo do estado, pois nós assinamos esse convênio de uma emenda parlamentar do deputado Agostinho Patrus. Uma obra que vai custar entre recursos financeiros mais as vigas que vão ser transferidas pelo estado, aproximadamente de 700 mil reais, e no momento que o município está passando isso faz diferença no fluxo de caixa. Então é importante a ajuda do deputado para concretização disso”, finalizou o prefeito Neider Moreira.

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux