Número de radares ‘pistola’ dobrará nas estradas de MG

25/12/2015 | Minas Gerais

radar pistla estradas

 

 

 

Entre os sinais usados por motoristas em estradas, piscar farol é o mais comum quando se quer alertar os que seguem na direção contrária sobre algum problema na pista. Só que esse “inconveniente” muitas vezes é um policial com o radar móvel pronto para multar os infratores em excesso de velocidade. A vantagem do modelo conhecido como “pistola” – por se assemelhar a uma arma – é que ele flagra os apressadinhos a 2 km de distância. A tecnologia tem tido uma avaliação tão positiva, com redução de ocorrências, que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) irá aumentar os equipamentos no país e dobrar o total de pistolas nas estradas mineiras neste fim de ano.

Em 2014, foram aplicadas 108 mil multas por excesso de velocidade nas estradas federais que cortam Minas, conforme a PRF-MG. De janeiro a outubro deste ano, foram flagrados 440 mil infratores – uma média de um veículo multado por minuto. O aumento de cerca de 300{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} se deve, em parte, ao incremento da fiscalização com as pistolas.

Por outro lado, de janeiro a outubro deste ano, o número de acidentes nas estradas federais de Minas caiu 30{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} em relação ao mesmo período do ano passado – foram 12.807 em 2015 contra 18.315 em 2014. Já a quantidade de vítimas fatais caiu 17,5{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b}, passando de 972 naquele ano para 801 agora.

Veja também