NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 25 de junho de 2021

pacote suspeito compenhague

 

 

 

A polícia dinamarquesa isolou nesta terça-feira (17) a área em torno do centro cultural em Copenhague onde houve o atentado sábado (14) devido a um pacote suspeito, mas não encontrou nenhum explosivo no local, informaram as autoridades, segundo a Reuters.

Policiais com cães farejadores foram até o café após terem sido alertados sobre o pacote, e imagens de televisão mostraram três oficiais tirando fotos do que parecia ser um grande envelope transparente antes de sair do local.

A polícia não informou qual o conteúdo do pacote.

Segundo a imprensa dinamarquesa, funcionários do centro que alertaram os agentes que protegem a área desde o atentado porque a carta continha mensagens vinculadas com os atentados do fim de semana.

Neste fim de semana, um atirador de 22 anos abriu fogo contra um café em que acontecia um debate sobre liberdade de expressão, matando um, e atacou uma sinagoga, matando um guarda. Mais tarde, ele foi morto em uma troca de tiros com a polícia em seu bairro de Nørrebro, uma parte da cidade ocupada principalmente por imigrantes com reputação de violência entre gangues.

A polícia prendeu duas outras pessoas sob a suspeita de auxiliar os ataques, mas afirmou que não havia indicação de que o atirador fizesse parte de uma célula ou havia viajado à Síria ou ao Iraque.

A polícia também informou ter realizado uma vasta operação em um cibercafé e em outros imóveis do bairro de Nørrebro, onde o atirador foi morto no domingo.