Poço profundo de Frutal tem mais de 800 metros perfurados

13/08/2023 | Minas Gerais

Intervenções vão garantir segurança hídrica aos 60 mil moradores – Foto Copasa / Divulgação

 

 

A Copasa já perfurou 850 metros do novo poço de Frutal, no Triângulo Mineiro, que visa garantir segurança hídrica às gerações atuais e futuras. As intervenções, iniciadas em 30/3 deste ano, devem ser concluídas até outubro deste ano, beneficiando quase 60 mil moradores. O aporte para custear o serviço pode chegar a R$ 12 milhões.

 

As obras estão divididas em três etapas: perfuração, testes e montagem. Nesta primeira fase, 1,2 mil metros de profundidade serão escavados com o auxílio da mesma tecnologia usada pela Petrobrás na prospecção de petróleo.

 

Na segunda, serão executados os testes de vazão, que consistem em experiências para descobrir a sua temperatura, bem como a capacidade de fornecimento de água que a fonte pode oferecer sem prejuízo ao meio ambiente.

 

Na terceira e última fase, serão instalados os maquinários e tubulações para captar, resfriar, tratar e bombear água para os reservatórios e posteriormente para os imóveis.

 

A previsão é a de que o poço, denominado C-06, entre em operação no segundo semestre de 2024, tornando-se a terceira fonte de captação de água independente de Frutal e garantindo a continuidade do abastecimento mesmo em períodos de estiagem ou em situações em que ocorram intermitências no fornecimento de água, em decorrência do aumento abrupto do consumo.

 

Ricardo Pereira, técnico de projetos e obras da Copasa no município, falou sobre as vantagens do novo poço profundo. “Com a maior disponibilidade de recursos hídricos, a normalização do fornecimento de água ganha mais agilidade nos cenários em que precisarmos interromper emergencialmente a distribuição para realizar alguma manutenção corretiva nas redes”, explicou.

 

Capacidade

 

O poço foi projetado para fornecer até 360 mil litros de água por hora. Considerando um dia inteiro, isso é equivalente a 8,6 milhões de litros de água, volume suficiente para encher mais de três piscinas olímpicas. A estimativa é que a estrutura tenha capacidade para abastecer, sozinha, cerca de 30 mil pessoas.

 

 

Veja também