Polícia intima mulher que abandonou cachorros em Itaúna

20/01/2022 | Itaúna

A mulher foi intimada a ser ouvida nesta quinta, mas não compareceu Reprodução redes sociais

 

 

Cenas de uma mulher jogando cães por cima do portão de uma grade no Bairro Várzea da Olaria, em Itaúna, viralizaram nas redes sociais nesta semana. De acordo com a data das imagens de câmeras de monitoramento, o fato foi registrado na terça-feira 18/1.

 

A mulher foi identificada e localizada nesta quarta-feira 19/1, sendo o Ministério Público e a Polícia Civil acionados. O Delegado Leonardo Pio Moreira foi acionado para imediata prisão da autora, que foi intimada a ser ouvida nesta quinta-feira, 20/01 mas não compareceu.

 

Os animais estão em observação na ONG AIDA – Associação Itaunense de Defesa Animal/Ambiental, mas passam bem.

 

Outro caso

 

O delegado da Policia Civil Dr. Leonardo Pio Moreira, informou que nesta quarta-feira 19/1, foi concluído outro inquérito semelhante. Segundo Pio, um homem da Zona Rural estava realizando disparos com uma espingarda de chumbinho contra um cachorro. O individuou foi indiciado por maus tratos a animais, podendo também receber uma pena de ate cinco anos e prisão.

 

 

Lei Sansão

 

O pitbull ficou famoso e foi alvo de diversas manifestações – Foto Divulgação/Nathan Pereira

 

 

A Lei, agora, aumenta o castigo para maus tratos, cuja pena vai de 2 a 5 anos de reclusão, multa e perda da guarda do animal.

 

O Projeto de Lei nº 1.095/2019 que se transformou na Lei Federal nº 14.064/2020 (Lei Sansão). A ação foi uma alteração da Lei de crimes ambientais, que agora inclui um capítulo sobre cães e gatos.

 

Sansão, o cachorro da raça pitbull que teve suas patas traseiras arrancadas por agressores com o uso de um facão, pode dar os primeiros passos. Com ajuda de uma prótese desenvolvida em Denver, nos Estados Unidos, e doado pela associação de proteção animal Patas Para Você, o cachorro começou a andar novamente.

 

O pitbull ficou famoso nas redes sociais e foi alvo de diversas manifestações a favor de normas mais severas contra atos cruéis a animais.

 

Por isso foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em setembro de 2020, uma nova lei que criminaliza os maus tratos. Ela ficou conhecida como ‘Lei Sansão’.

 

 

Ouça abaixo a entrevista com o delegado da Policia Civil

 

 

Pio relata que a mulher foi identificada e intimada a prestar depoimentos

 

A pena se ela for condenada pode ser de 2 a 5 anos, de acordo com a lei :

 

O delegado orienta como fazer denúncias de maus tratos aos animais:

 

 

Outro caso de violência contra os animais foi registrada nesta semana na Zona Rural de Itaúna

 

 

 

 

 

 

Veja também