NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 15 de junho de 2021

O município de Itaúna conta com uma imensa quantidade de cabos aéreos irregulares – Foto reprodução

 

 

Foi aprovado na Câmara, um Projeto de Lei estabelecendo a obrigatoriedade da identificação do cabeamento presente nos postes de todo o município, bem como o alinhamento dos cabos pendurados de maneira irregular e a obrigatoriedade da retirada da fiação inutilizada pelas empresas proprietárias.

 

Atualmente, o município de Itaúna conta com uma imensa quantidade de cabos aéreos, dentre eles a rede elétrica, cabos telefônicos, TV e internet a cabo. Muitos estão posicionados de maneira irregular, em situação de desuso e sem manutenção adequada, tendo como consequência riscos de acidentes.

 

Para os casos de não cumprimento da Lei, ressalvados os casos de emergência, as empresas proprietárias dos cabeamentos serão notificadas a promover as adequações necessárias, e ao descumprimento serão penalizadas por multas específicas para cada caso específico.

 

Tendo em vista que o Poder Público somente permite a instalação dos postes, sem qualquer restrição de instalação de cabos, não a qualquer forma de saber qual a condição de manutenção de um cabo e sua origem. Dessa forma, o Poder Público necessita de instrumento legal para fiscalizar, mesmo sendo por amostragem.

 

O Projeto é de autoria do vereador Leonardo Alves, o qual justificou ser um grande perigo para a sociedade o excesso e mal posicionamento dos fios. No debate do Projeto, relatou um fato ocorrido com seu filho.

 

“No ano passado, ao passar de motocicleta por uma rua no bairro Cerqueira Lima durante a noite, meu filho foi atingido por cabos baixos, e se estivesse em alta velocidade poderia ter vindo a óbito”.