Preso principal suspeito do assassinato de Lucian Aguiar

14/04/2015 | Itaúna

 

 

 

decaptaçao lucian suspeito 1

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Delegacia de Polícia Civil sob o comando do delegado Dr. Diego responsável pelas investigações de campo deteve na noite desta segunda feira (13) o principal suspeito de ser o assassino do gerente do posto de gasolina do Bairro Padre Eustáquio e genro do proprietário da rede de postos Galvão.

 

Osvaldo Cassiano Rodrigues, de 37 anos, foi apresentado nesta  terça-feira  na Delegacia. Ele é caseiro de um sitio da família Galvão, no Brejo Alegre.  Osvaldo , ao ver o carro da Polícia Civil se aproximando, tentou fugir, mas foi detido.Com ele, foi localizada uma espingarda de calibre 32, sem registro e a bota que ele estaria usando no dia do crime.

 

Em nenhum momento, o homem admitiu ter envolvimento com o assassinato. Segundo ele, Lucian teria o acompanhado para encontrar duas moças.  Na versão de Osvaldo, dois homens (um deles namorado de uma das moças) teriam pedido para que os dois parassem o carro,  ajoelhassem e teriam cortado a cabeça do patrão e mandado o caseiro fugir. 

 

Segundo o Delegado Diego, Osvaldo  fez uma ligação para Lucian, chamando-o para o local da execução. Segundo informações não oficiais, o suspeito teria ligado pedido ajuda, pois teria furado o pneu de seu carro e por não possuir estepe precisava de ajuda.

 

A Polícia Civil afirmou que o suspeito pegou as roupas que teria usado na noite do assassinato e queimou, assim como partes do Pálio que teria ficado sujo com o sangue da vítima.

 

Uma das suspeitas levantadas é que o empregado estaria apaixonado pela companheira de Lucian.

 

AUDIOS DURANTE OS NOTICIARIOS AO VIVO ÀS 18, 07h30 e 11

 

Clique aqui e ouça a fala do delegado Dr Diego

decaptaçao lucian suspeito 2

 

decaptaçao lucian suspeito 3

 

 

decaptaçao lucian suspeito 4

 

 

 

decaptaçao lucian suspeito 5

 

 

decaptaçao lucian suspeito 6

 

decaptaçao lucian suspeito 8

 

 Oswaldo suspeito assassinato Lucian

Veja também