Quinze servidores são presos em operação no Detran

16/11/2021 | Polícia

Dentre os alvos detidos, nove são delegados, investigadores de polícia e servidores – Foto reprodução

 

 

Quinze pessoas foram presas durante uma operação da Corregedoria de Polícia Civil de Minas Gerais, em conjunto com o Ministério Público (MPMG), na sexta-feira (12), para o combate a irregularidades referentes ao Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG). Dentre os alvos detidos, nove são delegados, investigadores de polícia e servidores administrativos. A ação ocorreu em seis cidades mineiras.

 

De acordo com a Polícia Civil, essa é uma das maiores operações já realizada pela instituição no combate à corrupção em atividades executadas dentro do Detran. Além dos mandados de prisão, foram cumpridos 58 mandados de busca e apreensão nas residências, empresas e locais de trabalho dos investigados. As ordens foram expedidas a partir de representação da Corregedoria Geral de Polícia Civil.

 

Segundo a PC, as investigações começaram em março de 2019 após circulação de áudios nas redes sociais que indicariam fraudes dentro do Detran. A ação ocorreu em seis cidades do estado: Belo Horizonte, Vespasiano, Contagem, Santa Luzia, Igarapé e Guaxupé.

 

Os envolvidos são investigados pela prática de crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, falsidade ideológica, organização criminosa, lavagem de dinheiro ou ocultação de bens.

 

O atual diretor-geral do Detran-MG, delegado Eurico da Cunha Neto, afirmou que a instituição está dando apoio integral para que os trabalhos da Corregedoria possam ser efetuados.

 

Conforme a PC, as investigações encontram-se agora em curso na Corregedoria Geral de Polícia, sob sigilo, e por isso as irregularidades apuradas não serão detalhadas neste momento.

 

Por Itatiaia

Veja também