NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 4 de dezembro de 2020

Foto Reprodução Internet

 

 

Muita gente sente dificuldade em diferenciar uma relação tóxica de uma relação saudável, porque não vivenciou relações saudáveis, então na há parâmetros.

Uma relação tóxica começa igual as outras relações, com muito afeto, paixão e gentilezas. E muitas situações passam “despercebidas” devido a sutileza das ações.

Falando de uma forma bem simplificada, o relacionamento tóxico é aquele que te “coloca para baixo”, que te faz mal e te causa danos emocionais e psicológicos.

Não há parceria, segurança, felicidade e nem investimento na relação. Em contrapartida há muito controle e ciúmes, muitas vezes disfarçados, de “Eu só quero o seu bem”!

Também é comum em relações tóxicas que um dos parceiros tome todas as decisões, e a outra parte no caso, somente aceita e obedece.

Já no relacionamento saudável há limites claros e as pessoas conseguem manter outros interesses para além da relação, elas continuam a investir na sua carreira, família e amigos.

Há muita paz, segurança, parceria, respeito e amizade.

Nesse tipo de relacionamento obviamente há problemas, mas o casal consegue resolvê-los conversando.

Uma relação saudável deve permitir que você evolua e se torne uma melhor versão de si.

Para estar em um relacionamento você precisa antes estar feliz e em paz com quem você é, porque assim suas escolhas serão mais acertadas e conscientes.

Quando estar na companhia de alguém é um requisito para se sentir feliz, você fica menos seletivo, e aí qualquer pessoa servi.

A dependência é um dos principais fator que coloca as pessoas em relacionamentos ruins. Por isso antes de de amar alguém, se ame!

Fernanda Nogueira
Psicóloga
Pós Graduada em Neuropsicologia
Pós Graduada em Psicologia Org. e do Trabalho
@fernandanogueira_psi