NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 16 de junho de 2021

seca serra azul maio

 

 

 

Um relatório elaborado pelo Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam) em janeiro deste ano aponta que o volume operacional do Sistema Serra Azul, terceiro maior reservatório de abastecimento de água de Belo Horizonte, pode chegar a 0{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} do seu volume operacional já em maio. A nota técnica se baseou em simulações mensais feitas no manancial, que aponta déficit de 8,32 metros cúbicos (m³) no volume operacional do sistema Serra Azul, já no próximo mês, ao considerar o melhor cenário de chuvas.

Na última medição, na sexta-feira, o Serra Azul operava com 15,8{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} de sua capacidade.

A dez dias do fim de abril, choveu pouco para a média de precipitações previstas para o mês. Conforme o Centro de Climatologia – PUC Minas TempoClima, até sexta-feira, o volume de chuvas registrado foi de 17 milímetros, bem inferior aos 61 mm previstos para até o dia 30. “Neste mês, a previsão é de chuvas isoladas e mais fracas. Não serão suficientes para manter o volume dos mananciais”, informou o meteorologista Heriberto dos Anjos. Do período de maio a setembro, a tendência é de redução drástica nos volumes pluviométricos, segundo prevê o especialista.

Já em níveis críticos, os reservatórios Rio Manso, Serra Azul e Várzea das Flores baixaram o volume nos últimos dias. Na sexta, o Sistema Paraopeba, que reúne os três reservatórios, estava operando com 39,1{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} de sua capacidade. Nem mesmo o decreto de escassez hídrica, que obrigou 26 empreendimentos a restringir a retirada de água dos mananciais desde 10 de abril, foi capaz de manter o nível dos mananciais.

O Serra Azul possui cinco outorgas, segundo o Igam, sendo três concedidas para produtores rurais, uma para a Copasa e outra para o condomínio Fazenda Solar, em Igarapé. De acordo com o síndico do empreendimento, Genésio Teixeira, há muito tempo a água utilizada não é mais captada do Serra Azul. “O lago secou muito no ponto onde captávamos a água. Agora, a Copasa abastece nossa caixa d’água”, informou. Conforme o decreto de escassez hídrica, a Copasa teve de reduzir em 20{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} a captação do Serra Azul, cuja retirada era de 2,940 metros cúbicos por segundo. Já os produtores rurais reduziram em 25{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} a captação, o que não impediu que o nível caísse nos últimos dias. Nos outros reservatórios, empresas e mineradoras tiveram de cortar 30{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} da retirada de água.

Diante desse cenário, que aponta para um volume morto já no próximo mês, o esperado é que o governo adote medidas de racionamento para que o manancial mantenha-se ativo até o próximo período de chuvas.