Semana encerra com mais de 1.200 casos de Covid-19

21/01/2022 | Itaúna

Só nas últimas 24 horas, foram 392 novos infectados – Foto Rádio Santana FM

 

 

Itaúna registrava 12.849 casos de Coronavirus até a última sexta-feira 15/1, de acordo com o boletim da prefeitura. Mas ao longo desta semana os números de infecções explodiram e vieram em crescente, totalizando 14.116 contaminações, desde o começa da pandemia em março de 2020.

 

Em cinco boletins, 1.267 itaunenses entraram paras os registros da pandemia. Só nas últimas 24 horas, foram 392 novos infectados registrados no município.

 

Segunda 17/1 – 114 casos
Terça 18/1 – 185 confirmações
Quarta 19/1 – 203 positivos
Quinta 20/1 – 373 infecções
Sexta 21/1 – 392 casos

 

A média móvel de casos diários subiu para 211 nesta sexta 21/1. Em comparação com o verificado há uma semana, houve uma aceleração nas contaminações. Na sexta-feira da semana passada 14/1, a média estava em 61 casos por dia.

 

 

 

 

Vidas perdidas

 

Em relação as mortes, os números continuam em baixa, com apenas 1 óbito nos últimos 7 dias. Número justificado pelo avanço da vacinação.

 

Na quarta-feira 19/1, uma idosa de 87 anos com comorbidades não resistiu as complicações, conforme divulgado pela Secretaria de Saúde, junto ao Hospital Manoel Gonçalves. Até aqui 288 itaunenses perderam a luta para a infecção.

 

 

Boletim hospitalar

 

Semana encerra com 14 pacientes internados no Hospital Manoel Gonçalves. No CTI Covid, há registros de 5 internações, sendo 3 pacientes de Itaúna e 2 da microregião. Na ala de enfermaria outros 9 pacientes, 8 de Itaúna e um da região.

 

Além de Itaúna, a população dos municípios de Itatiaiuçu, Itaguara e Piracema que fazem parte da microregião, tratam a infeção no hospital local.

 

 

Carnaval de rua é cancelado em todo o Centro-Oeste

 

Carnaval do Bloco Pau de Gaiola na Praça da Lagoinha – Foto reprodução

 

 

 

Essa explosão no número de casos de coronavírus, levou o Comitê da Macroregião oeste a suspender todos os eventos de rua durante o Carnaval 2022.

 

Em comunicado na tarde desta quinta-feira 20/1, a Prefeitura de Itaúna informou que por causa do aumento no número de contaminações em Minas, aumento no número de hospitalizações e ocupação de leitos de UTI e UTI pediátrica, o Comitê decidiu em reunião realizada no dia 14/1, pela suspensão do carnaval.

 

Ainda de acordo com o comunicado, a partir do inicio verificou um aumento de 900%, no número de novos casos de Covid. E nos últimos quatorze dias subiu para 4.160%.

 

O total de leitos disponíveis para tratamento da doença também teve aumento na ocupação, agora com 40% vagas de UTI adulto, 80% de UTI pediátricas e 60% para leitos de enfermaria.

 

Espera que o cancelamento do carnaval em todas as cidades da região, contribua para diminuir a propagação da doença. A nota lembra que a medida mais importante ainda é a vacinação.

 

 

Vacina salva

 

É preciso lembrar que a vacina não impede as pessoas de contraírem a infecção mais de uma vez, mas impede as pessoas de desenvolverem a gravidade da doença, a ponto de precisarem de hospitalização.

 

A população precisa colaborar evitando aglomeração, continuar usando máscara corretamente, tapando a boca e o nariz, higienizando as mãos com água e sabão ou álcool gel, mesmo após receber as duas doses da vacina contra a Covid-19.

 

 

 

Cadastro para imunizar crianças começa na próxima semana

 

 

 

Motoristas testam positivo para Covid e coletivo tem itinerário reduzido

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Veja também