NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 19 de maio de 2021

Divinópolis chegou a 120 vítimas da Covid-19 – Foto: Agênciapreview/Arquivo

 

 

Mais três são idosos foram vítimas da Covid-19 em Divinópolis. A confirmação foi divulgada no Boletim Diário desta quinta-feira (14), que também apontou quase 80 novos resultados positivos. O número de internações diminuiu na cidade.

 

Óbitos

Em menos de 15 dias de janeiro, Divinópolis já registrou 19 óbitos. O recorde de mortes em um mês foi em dezembro, quando 22 pessoas foram vítimas da Covid-19.

 

Três idosos morreram em decorrência do novo coronavírus, conforme o Boletim Diário desta quinta. A Prefeitura explicou que a redução de informações pessoais sobre as vítimas não serão mais divulgadas em respeito à família.

  • Idosa de 87 anos, tinha doença cardiovascular crônica e asma. Morreu no último dia 5;
  • Idoso de 89 anos, tinha doença cardiovascular crônica. Morreu nesta quinta-feira (14);
  • Idosa de 90 anos, tinha doença cardiovascular crônica. Também morreu nesta quinta.

 

 

Casos confirmados e descartados

Nesta quinta-feira, Divinópolis contabiliza 4.660 casos confirmados de coronavírus, 79 resultados positivos a mais que o boletim de quarta-feira (13).

Já a quantidade de exames suspeitos que foram descartados está em 1.779. Outras 41 pessoas aguardam resultados de exames

Dos casos confirmados de Covid-19, 2.559 foram em pessoas do sexo feminino e 2.101 em pessoas do sexo masculino.

Taxa de isolamento social – O índice de Isolamento Social aponta o percentual de pessoas que se encontram em casa durante a pandemia do coronavírus. Os dados são coletados através da geolocalização de celulares e smartphones. A média percentual com dados da última semana, mostra que a taxa de isolamento está em 37%. O número está bem abaixo do índice de isolamento recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é de 70%, para evitar o contágio da Covid-19.

Taxa de letalidade – A taxa de letalidade em Divinópolis está em 2,58%. Este percentual considera o número de óbitos em relação ao total de casos confirmados.

Por G1