Suspeito de atirar e matar pai e filha é preso em Pitangui

22/11/2021 | Centro-Oeste, Polícia

Segundo a PM, rapaz de 26 anos foi encontrado na casa dele  – Pai e filha mortos – Foto: TV Integração

 

 

O suspeito de atirar e matar Luiz Eustáquio da Fonseca, 67 anos, e Fabiana Cezar da Fonseca, 30 anos, foi preso no domingo (21) em Pitangui. Segundo a Polícia Militar (PM), o rapaz foi encontrado na casa dele e levado para a delegacia em cumprimento de mandado de prisão. A arma que teria sido usada no crime também foi apreendida.

 

O suspeito do duplo homicídio, registrado na quinta-feira (18), era ex-namorado de Fabiana e tem passagens por vários crimes, entre eles, ameaça e roubo. Um homem de 44 anos, suspeito de levar o rapaz até o local do crime e ter emprestado um revólver a ele foi preso na sexta-feira (19).

 

Prisão

 

A Polícia Civil recebeu a denúncia de que o suspeito estava na casa dele, no Bairro Novo Lavrado. A equipes das polícias Militar e Civil foram ao endereço e se depararam com o suspeito que não resistiu à prisão.

 

Segundo o registro da PM, o rapaz levou as equipes até uma casa abandonada, próximo ao endereço dele, onde localizaram o revólver calibre .32 que teria sido usado no crime. Foi cumprido o mandado de prisão preventiva e o suspeito levado para a delegacia.

 

Comparsa

 

O homem preso na sexta foi encontrado após análise de imagens das proximidades da casa do suspeito da autoria do crime. Na casa, que fica na área urbana de Pitangui, foram encontradas as peças de roupas usadas na quinta-feira, a moto e o capacete utilizados pelo comparsa para levar o suspeito dos tiros até a comunidade onde moravam pai e filha.

 

De acordo com os militares, o homem alega que teve a arma de fogo furtada. A PM disse que a informação foi analisada e acredita que, o que de fato ocorreu, foi o empréstimo do revólver para o cometimento do crime.

 

A PM foi chamada à comunidade rural de Sacramento onde se deparou com pai e filha mortos. A esposa e mãe das vítimas, de 61 anos, contou que estava no quarto quando o suspeito chegou. Ela não foi ferida.

 

Em estado de choque ela foi levada para o hospital de Pitangui. Mas antes conversou com a Polícia Militar e contou que não houve discussão. Disse que o autor chegou ao local com duas armas e atirou.

 

Ela disse ainda que o rapaz cortou os fios de telefone da casa e roubou o carro da família para fugir. O veículo foi localizado pela PM, que recebeu informações de que o autor teria roubado uma moto para continuar a fuga. A motocicleta também foi encontrada.

 

“Ainda não sabemos como ele chegou no local, mas após o cometimento do crime ele subtraiu o veículo e começou a fugir. Porém, esse veículo apresentou problemas mecânicos e o autor acabou roubando uma motocicleta de alguém que passava nas proximidades. Ele continuou a fuga, mas ao que tudo indica, havia um dispositivo antifurto e a moto também deixou de funcionar. Ele antão fugiu pela rodovia e entrou em um matagal”, explicou o tenente Rafael Ferreira Machado.

 

A perícia e uma equipe de investigadores da Polícia Civil foram ao local e constataram que Luiz Eustáquio tinha sido atingido por um tiro e Fabiana por quatro disparos. Os corpos foram liberados para o Instituto Médico Legal de Nova Serrana.

 

Por G1 

 

 

 

Veja também