Suspeitos de tráfico usavam pé de maconha como árvore de Natal

17/11/2016 | Minas Gerais

maconha-natal

FONTE: O TEMPO

 

Em meio aos enfeites usados para a decoração natalina de uma casa do assentamento Glória, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, um pé de maconha era usado como árvore de Natal. Dois homens foram presos e um adolescente, de 16 anos, apreendido sob suspeita de serem donos do material. Com eles, também foram apreendidas munições, 14 barras de maconha, um carro furtado e uma motocicleta com chassi adulterado.

A árvore foi descoberta após denúncias anônimas de que drogas estavam sendo escondidas pelos suspeitos na casa. Os adultos responderão pelo cultivo da droga, além dos crimes de receptação, tráfico de drogas e adulteração de chassi. Somadas, as penas chegam a 25 anos de prisão.

A droga estava na casa do suspeito mais velho, que cumpria pena em regime domiciliar por roubo, informou a polícia. De acordo com a corporação, os três suspeitos são conhecidos nomes do tráfico de drogas no assentamento e, talvez por isso, tenham sido denunciados por outros moradores.

É a terceira vez que o menor é apreendido pela polícia. Nas outras duas ocasiões, ele foi conduzido por suspeita de tráfico de drogas.

Veja também