NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 25 de fevereiro de 2021

 

Forte chuva acompanhada de vendaval derruba 2 arvores no Centro de Itaúna – Foto Mack Mansur / Radio Santana FM

 

 

Um forte temporal acompanhando de vendaval com duração de 15 minutos causou transtornos e estragos por toda a cidade na noite desta segunda-feira 22/02,

 

Duas árvores foram arrancadas do chão na praça da matriz em Itaúna durante o forte temporal, uma quase foi jogada atrás da igreja, a outra árvore foi derrubada na esquina da Rua Antônio de Matos com a Praça Dr. Augusto Gonçalves. Galhos de árvores e sujeira ficaram espalhados por toda a praça.

 

 

 

O temporal acompanhado de vendaval causou estragos por toda cidade, alagou parte da Avenida Jove Soares, também derrubou árvores na região do terminal rodoviário e nos Bairros Padre Eustáquio e Veredas.

 

Vendável derruba Arvore na Avenida Central – Foto reprodução redes sociais

 

 

Queda de energia

 

No região dos Bairros Veredas e Padre Eustáquio arvores foram derrubadas, houve falta de energia elétrica. Outras regiões da cidade como Lourdes, Itaunense também registraram falta de luz.

 

Inundações desde 1.970

 

Na Avenida Jove Soares (Prainha) é tradição desde 1.970, em época de chuvas ou quando chove mais forte, enchentes ou transbordamento. O Ribeirão do Sumidouro não suporta o volume de água dos bairros em volta que deságua no local.

 

Na década de 70 a enxurrada carregava as pontes de madeira então existentes e que ligavam o centro ao outro lado da cidade (Bairro da Piedade).

 

Com o crescimento da cidade na década de 1.970 foram implementadas intervenções urbanísticas para revitalização da área e instalada a primeira rede subterrânea de abastecimento d’água em Itaúna. Nesta época o ribeirão cortava a cidade com um grande canal de esgoto a céu aberto. Todo o esgoto da época era jogado no ribeirão. Era um mau cheiro horrível contou o Professor Juarez Nogueira Franco (In Memoriam).

 

Avenida Jove Soares, Prainha em Itaúna – Foto Arquivo pessoal Claudia Soares

 

 

Em 2021 os problemas da Prainha persistem

 

Na noite desta segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021, mais uma vez a Prainha, o queria o nosso (Boulevard Arruda em Belo Horizonte), não suportou a quantidade de agua da chuva e transbordou deixando estragos pela avenida, arrancando bocas de lobo, arrastando motos e inundando as lojas no entorno.

 

Principal via

 

Com mais de 2KM de extensão, a avenida mais famosa da cidade, Jove Soares (Prainha para os íntimos, uma prainha sem praia, local de concentração de bares e turmas de balada) é uma importante via pública na cidade, que compreende na verdade o fechamento do canal do Ribeirão do Sumidouro, É muito usada pela população na pratica de atividades físicas, como corrida e caminhada, tanto pela manha como no fim de tarde.

 

Projeto de ligar MG-050 ate a MG-431 pela Prainha

 

Hoje a Avenida Jove Soares (Prainha) funciona como um dos principais acessos ao tráfego de veículos em direção aos dois lados da cidade.

 

Agora em 2021 o Centro Administrativo (Nova Prefeitura de Itaúna) mudou para o Bairro Boulevard Lago Sul, que fica no final da avenida. Futuramente o novo Fórum da comarca de Itaúna, que está em construção fica localizado na mesma região.

 

Além disso, o projeto futuro é ligar a rodovia MG-050 ate a MG-431 sentido Itatiaiuçu, passando pelo Bairro Universitário, Avenida Jove Soares (Prainha), Bairro Nogueirinha, Morro do Engenho ate a rodovia 431.

 

 

Veja vídeos e fotos dos estragos na cidade

 

 

Avenida Jove Soares

 

 

 

Residencial Veredas

 

Vendaval arranca 2 árvores na praça da matriz

 

 

 

 

Fotos 

 

Forte chuva acompanhada de vendaval derruba 2 arvores no Centro de Itaúna – Foto Mack Mansur / Radio Santana FM

 

Forte chuva acompanhada de vendaval derruba 2 arvores no Centro de Itaúna – Foto Mack Mansur / Radio Santana FM

 

Forte chuva acompanhada de vendaval derruba 2 arvores no Centro de Itaúna – Foto Mack Mansur / Radio Santana FM

 

Forte chuva acompanhada de vendaval derruba 2 arvores no Centro de Itaúna – Foto Mack Mansur / Radio Santana FM

 

 

 

 

Chuvas e clima úmido continuam no Centro-Oeste