Traficante da lista dos mais procurados de Minas é preso

27/06/2021 | Minas Gerais, Polícia

De acordo com a PM, houve um trabalho integrado dos setores de inteligência de MG e Goiás – Foto: Divulgação/ Procura-se

 

 

Um dos maiores traficantes de Minas Gerais e que integrava a lista dos 21 criminosos mais procuradores do Estado, Rogério da Silva Galdino, de 35 anos, conhecido como “Dentão”, foi preso em um resort em Caldas Novas, Goiás, neste sábado (26).

 

De acordo com a Polícia Militar, houve um trabalho integrado dos setores de inteligência de Minas e de Goiás que descobriram que o criminoso estava em uma casa em Caldas Novas e seguia para um resort da cidade, onde foi preso.

 

Dentão é um dos maiores distribuidores de drogas de Minas, principalmente de cocaína. Ele era chefe de uma organização criminosa no Aglomerado da Serra, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. O criminoso tinha mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas e homicídio. No momento da prisão, foram apreendidos com ele celulares, dinheiro e materiais ilícitos.

 

Em abril deste ano, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) lançou o programa “Procura-se”, que divulga fotos e informações sobre os criminosos mais procurados de Minas Gerais.

 

CLIQUE AQUI e veja a lista dos mais procurados. Denúncias anônimas sobre o paradeiro dos criminosos podem ser feitas pelo telefone: 181 Disque Denúncia.

 

Três criminosos da lista foram presos

 

Esse é o terceiro criminoso dos 21 da lista dos mais procurados de Minas preso.O primeiro a ser preso foi Clébio Pereira Rosa, de 42 anos. A prisão foi realizada no estacionamento de um supermercado de Sete Lagoas, na região Central do Estado. O homem, conhecido pelos apelidos de “Clebim” ou “Bim”, estava com mandados de prisão em aberto por tráfico de drogas e era foragido da Justiça desde 2018.

 

O segundo a ser preso foi Varni Clévio Queiroz Souza, de 33 anos, que é apontado como um dos responsáveis por comandar o tráfico de drogas nos municípios de Pirapora e Patos de Minas, nas regiões Norte e Alto Paranaíba, respectivamente. Ele foi detido em Cáceres, no Mato Grosso. A cidade está a cerca de 80 km da fronteira com a Bolívia e é rota conhecida de tráfico de drogas.

 

Por Estado de Minas

Veja também