NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 15 de junho de 2021

 

Subiu para  210 o total de vidas perdidas por complicações com a infecção no município – Foto Agênciapreview/Arquivo

 

 

A Secretaria Municipal de Saúde atualizou o boletim nesta terça-feira 01/6, confirmando mais três óbitos por complicações com a Covid-19 em Itaúna.

 

Segundo o setor de Saúde, os pacientes faleceram no domingo, 30/05, e na segunda, 31/05. A vítima que morreu no domingo é um homem de 60 anos e as vítimas que morreram no sábado foram uma senhora de 93 anos e um homem de 52.

 

Subiu para  210 o total de vidas perdidas por complicações com a infecção no município, sendo as últimas confirmações realizadas nessa segunda-feira, 31/05, de  6 pacientes.

 

Junho começa com boletim registrando 112 casos de Covid em 24h

 

Itaúna confirmou 112 casos e 3 mortes por COVID-19 no boletim atualizado nesta terça-feira 01/06. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, 9.844 pessoas foram contaminadas pelo novo coronavírus desde o início da pandemia. Desse total, 210 morreram.

 

 

 

 

Hospital de Itaúna: Sobe para 160% ocupação dos leitos Covid

 

Segundo a nota, do Hospital Manoel Gonçalves toda a estrutura física do Hospital está em uso, com as alas de Covid e demais serviços em funcionamento.

 

Devido o aumento de pacientes, todo o contingente de pessoal já não está conseguindo atender à demanda, que hoje apresenta 70 leitos ocupados, enquanto a capacidade é de 42 leitos Covid. Isso representa uma taxa de ocupação de 160%.

 

 

 

Minas confirmou 7.283 casos e 59 mortes por COVID-19 em 24 horas

 

De acordo com boletim epidemiológico, divulgado nesta terça-feira (1º/6), pela Secretaria de Estado da Saúde, 1.579.287 pessoas foram contaminadas pelo novo coronavírus desde o início da pandemia. Desse total, 40.556 morreram.

 

A média móvel de mortes, por data de notificação, é de 197. Em 19 de maio, a média era de 205. Em duas semanas, verificou-se uma queda de 8%, o que indica estabilidade. A média móvel de casos está em 7.745 novos em um dia. Há duas semanas, era de 7.102, portanto, houve um aumento de 9% na média de transmissão.

 

O mês de maio encerrou com 6.798 mortes, quantitativo que fez com que ficasse atrás de abril no total de mortes. No entanto, os números indicam que a transmissão e as mortes estão em patamar elevado no estado, o que demonstra que a doença não foi controlada.

 

Por Santana FM com o Uai 

 

 

Atendimento por nº de CPF em supermercados começa nesta quarta

 

 

Hospital de Itaúna vive grave situação com 160% de ocupação dos leitos