Vandalismo: Incêndio provocou rompimento em Juatuba

9/03/2022 | Minas Gerais

 

Estrago na adutora da Copasa às margens do Paraopeba – Foto Rene Descarpontriez

 

O rompimento de uma adutora da Copasa, em Juatuba, na região metropolitana de Belo Horizonte, foi provocado por “ato de vandalismo”. É o que informou a Companhia de Saneamento de Minas Gerais, com base no laudo da perícia, nesta quarta-feira (9).

 

Em nota encaminhada à reportagem, a Copasa esclareceu que um incêndio atingiu a estrutura que sustentava a tubulação. O rompimento fez com que a companhia implementasse rodízio de abastecimento em bairros da capital mineira e da região metropolitana.

 

“A Companhia iniciou uma obra provisória que deverá ser concluída no dia 18 de março que consiste na construção de uma adutora de menor porte, paralela à existente, o que irá possibilitar uma recuperação de abastecimento do sistema Serra Azul na ordem de 600 a 800 litros de água por segundo”, afirma a Copasa em um dos trechos do posicionamento.

 

A falta de água, por conta do rodízio, já impacta a vida de muitas pessoas. Escolas e estabelecimentos deixaram de funcionar por estar sem uma gota d’água sequer.

 

Rodízio

 

Cerca de 2 milhões de pessoas serão impactadas pelo rodízio no fornecimento de água. A medida segue até o próximo dia 20, dois dias após a data prevista para a conclusão de obra provisória na adutora na divisa de Betim com Juatuba, na região metropolitana, que se rompeu no dia 1º.

Veja o cronograma do rodízio:

 

8, 12 e 16 de março

Contagem: Centro, Santa Helena e Instancia do Hibisco;

Betim: Imbiruçu, São Luiz (Petrópolis / Simonésia) e Petrolândia;

BH: Venda Nova e Landi (VSP Sta Vitória);

Ribeirão das Neves: Justinópolis;

Santa Luzia: São Benedito, Santa Clara e São Cosme.

 

9, 13 e 17 de março

Contagem: Cabral e Nacional;

Lagoa Santa,

Vespasiano;

São José da Lapa.

 

10, 14 e 18 de março

Belo Horizonte: Barreiro, Betânia e Buritis;

Contagem: Riacho das Pedras, Eldorado, Cidade Industrial e Industrial;

 

11, 15 e 19 de março

Betim: Centro, Angola, Ouro Negro e Montreal, Petrópolis e PTB;

Contagem: Água Branca e Ressaca;

Belo Horizonte: Alípio de Melo, Caiçara e Ouro Preto.

 

 

Veja também