Veja quais são as datas e feriados de 2022

24/12/2021 | Brasil, Itaúna

Dois dois dos 3 feridos municipal em Itaúna serão prolongados – Foto reprodução

 

 

O Ministério da Economia divulgou nesta quarta-feira (22) o calendário de datas e feriados de 2022. Para a infelicidade de muitos, os feriados prolongados serão escassos, mas haverá folga ao longo da semana para os brasileiros.

 

O único feriado prolongado para o próximo ano será na Semana Santa, em 15 de abril, que cairá em uma sexta-feira.

 

A portaria destacou ainda que: os feriados declarados em lei estadual ou municipal de que tratam os incisos II e III do art. 1º e do art. 2º da Lei nº 9.093, de 12 de setembro de 1995, serão observados pelas repartições da Administração Pública federal direta, autárquica e fundacional, nas respectivas localidades.

 

Veja o calendário de feriados de 2022:

 

1º de janeiro, Confraternização Universal (feriado nacional);

28 de fevereiro, Carnaval (ponto facultativo);

1º de março, Carnaval (ponto facultativo);

2 de março, quarta-feira de cinzas (ponto facultativo até às 14 horas);

15 de abril, Paixão de Cristo (feriado nacional);

21 de abril, Tiradentes (feriado nacional);

1º de maio, Dia Mundial do Trabalho (feriado nacional);

16 de junho, Corpus Christi (ponto facultativo);

7 de setembro, Independência do Brasil (feriado nacional);

2 de outubro, Nossa Senhora Aparecida (feriado nacional);

28 de outubro, Dia do Servidor Público – art. 236 da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990, (ponto facultativo);

2 de novembro, Finados (feriado nacional);

15 de novembro, Proclamação da República (feriado nacional);

25 de dezembro, Natal (feriado nacional).

 

 

Feriado municipal em Itaúna

 

Sede da nova Prefeitura Municipal de Itaúna, Bairro Boulevard Lago Sul – Foto @rgs_drone

 

 

26 de julho, Padroeira  Senhora Sant’ana, cai em uma terça-feira

 

15 de agosto, Nossa Senhora do Rosário, segunda-feira

 

16 de setembro, aniversário da cidade, sexta-feira

 

Os feriados estaduais não constam nesta publicação. Deve ser divulgado pelo governo de Minas.

 

 

 

 

Veja também