NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 22 de abril de 2021

De acordo com o executivo estadual, o serviço de registro de Boletim de Ocorrência (BO) foi disponibilizado no MG app Cidadão, que está disponível, de forma gratuita – Foto Reprodução Internet

 

O aplicativo MG app Cidadão, administrado pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), agora se tornou também um canal importante para vítimas de violência doméstica. Agora, pela ferramenta, interessados podem registrar ocorrências junto à Polícia Civil.

 

De acordo com o executivo estadual, o serviço de registro de Boletim de Ocorrência (BO) foi disponibilizado no MG app Cidadão, que está disponível, de forma gratuita, para Android e iOS. Outros 70 serviços públicos estão disponiveis na plataforma.

 

A delegada-chefe do Departamento de Investigação, Orientação e Proteção à Família (Defam) da PCMG, Carolina Bechelany, destaca que o registro ao alcance das mãos pode salvar vidas. “Por meio do MG app, as vítimas podem registar ocorrências dos crimes de lesão corporal, ameaça, vias de fato e descumprimento de medida protetiva. Além disso, ao fazer o registro, elas também podem solicitar medidas protetivas de urgência”, reforça.

 

 

Para registrar o BO, a vítima não precisa comparecer, no primeiro momento, a uma delegacia, uma vez que os contatos serão feitos por canais virtuais informados no próprio dispositivo. “Nesse momento de pandemia, é fundamental oferecer ferramentas virtuais para que as denúncias sejam feitas sem que a vítima precise sair de casa”, avalia Carolina. Atualmente, já é possível realizar o registro por meio da Delegacia Virtual.

 

Para acessar o serviço no MG app, basta clicar na aba “Segurança”. Nesta área, os cidadãos também conseguem, entre outras funcionalidades, registrar ocorrência de perda de documentos e objetos, emitir atestado de antecedentes criminais e localizar delegacias e unidades de atendimento da Polícia Militar.

 

 

A iniciativa faz parte de uma série de ações desenvolvidas pela Seplag, por meio do programa Minas Atende, em parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O MG App Cidadão tem mais de 1 milhão de usuários e mais de 70 serviços disponibilizados. Para se registrar no aplicativo, o cidadão efetua cadastro unificado com o Governo Federal (www.gov.br).